Agenda do Dia: Renner; JHSF; Iguatemi; Trisul; Tecnisa

Agenda do Dia: Renner; JHSF; Iguatemi; Trisul; Tecnisa
Lojas Renner

Os assuntos da Agenda do Dia desta quinta-feira (19) prometem mexer com o mercado interno e o externo.

A Lojas Renner comunicou novas medidas tomadas em relação a pandemia de coronavírus. A Trisul anunciou um programa de recompra de ações.

Além disso, a Agenda do Dia conta também com a notícia sobre a Tecnisa, que apresentou seus resultados referentes ao quarto trimestre e ao acumulado de 2019.

Confira os principais pontos da Agenda do Dia:

Lojas Renner

A Lojas Renner (LREN3) anunciou, na última quarta-feira (18), o fechamento temporário de suas lojas na Grande São Paulo, por ser o local com a concentração de maior número de casos confirmados até o momento, como medida para ajudar no combate a pandemia de coronavírus. A companhia também informou que o horário de funcionamento das demais lojas que não estão na Grande São Paulo serão alterados.

“Para preservar a integridade de grupos e indivíduos, suspendemos as viagens, adiamos eventos e treinamentos presenciais, trocamos as reuniões por videoconferências. Adotamos a prática do trabalho em casa como prioridade, para reduzir deslocamentos e proteger as pessoas dos riscos de contágio. Além disso, para a preservação do negócio, estamos tomando uma série de medidas gerenciais que se fazem necessárias, como a redução de despesas, revisão de investimentos e de estruturas”, informou a Renner.

JHSF

O grupo JHSF Participações SA (JHSF3) comunicou na noite da última quarta-feira (18) que suspenderá as operações do shopping Cidade Jardim, em São Paulo, a partir desta quinta-feira (19). O shopping deve permanecer fechado até o dia 30 de abril, de acordo com a determinação da Prefeitura de São Paulo.

“Black Friday” na B3 | Saiba como usar o fator Coronavírus a seu favor tendo acesso aos melhores investimentos do mercado

“Cumprindo sua missão empresarial, os demais shoppings permanecerão por enquanto em funcionamento, com reforço nas atividades de prevenção, até que haja definição contrária por parte das autoridades, o que esperamos que ocorrerá em breve”, informou a companhia em comunicado.

Iguatemi

A Iguatemi Empresa de Shopping Centers (IGTA3) informou ao mercado na última quarta-feira (18) que, com o avanço do coronavírus no Brasil, a companhia decidiu por suspender as operações dos seguintes shoppings:

Iguatemi são Paulo, JK Iguatemi, Pátio Higienópolis, Market Place e Iguatemi Alphaville.

Vale destacar, porém, que estes ficarão abertos em horários reduzidos, contando apenas com lojas essenciais, como farmácias, clínica de atendimento na área de saúde e supermercados. As outras lojas ficarão fechadas para o público até o dia 30 de abril.

Além desses, os shoppings: Iguatemi Campinas, Shopping Galeria (Campinas), Iguatemi Brasília e Iguatemi Porto Alegre também terão atividades suspensas.

Trisul

A Trisul S.A. (TRIS3) anunciou, via fato relevante, na última quarta-feira (18), um programa de recompra de suas ações. De acordo com a construtora, o programa aprovado pelo seu Conselho de Administração terá 12 meses de duração.

Segundo a Trisul, o objetivo pela recompra de ações é a manutenção das mesmas em tesouraria ou para cancelamento, promovendo a utilização do caixa da empresa, “visando maximizar a geração de valor para os acionista da companhia”.

Serão recompradas até cinco milhões de papéis ordinários, nominativos, escriturais e sem valor nominal, o que representa 6,3% das ações em circulação no mercado (free float). Atualmente, estão em circulação 78,91 milhões de ações.

Tecnisa

A Tecnisa registrou prejuízo líquido de R$ 59,627 milhões no quarto trimestre de 2019. O balanço da empresa foi divulgado após o fechamento do mercado na última quarta-feira (18).

O resultado representa uma queda de 7,1% na comparação com o mesmo período de 2018. Entre os meses de outubro e dezembro de 2018, a Tecnisa reportou um prejuízo de R$ 64,187 milhões.

A receita operacional líquida da construtora, no entanto, registrou alta,  com variação positiva de 60,9% frente ao mesmo período do ano anterior. O valor passou de R$ 77,128 milhões em 2018 para R$ 124,135 milhões.

Agenda de resultados desta quinta

A Agenda do Dia da Suno mostra os principais acontecimentos que prometem movimentar o mercado durante o dia.

Juliano Passaro

Compartilhe sua opinião