Destaque

Agenda do Dia: Petrobras; Engie Brasil; BR Distribuidora; AES Tietê

Agenda do Dia: Petrobras; Engie Brasil; BR Distribuidora; AES Tietê
A Petrobras deu início à fase vinculanete para venda de sua subsidiária integral Petrobras Biocombustíveis (PBIO)

Os assuntos da Agenda do Dia desta segunda-feira (28) prometem agitar o mercado.

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

lead suno background

A Agenda do Dia começa com a notícia sobre a Petrobras, que informou que aumentou seus investimentos no norte do Brasil. Além disso, há também novas informações sobre a Engie, que comunicou sobre uma emissão de debêntures da companhia.

Além disso, a Agenda do Dia também conta com informações sobre a AES Tietê, que esclareceu informações sobre a compra de um complexo eólico aprovado pelo Cade.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Principais assuntos na Agenda do Dia desta segunda

Confira abaixo as principais notícias de hoje, segunda-feira, dia 28 de setembro:

  • Petrobras aumenta investimentos no norte do Brasil;
  • Emissão de debêntures da Engie;
  • Cade aprova 1ª fase da compra do Complexo Eólico Cajuína pela AES Tietê;
  • BR Distribuidora antecipa dividendos adicionais para o dia 30.

Petrobras aumenta investimentos no norte do Brasil

A Petrobras (PETR3;PETR4) comunicou que entrou em acordo, no 25 de setembro de 2020, para assumir 100% das participações da empresa Total E&P do Brasil LTDA nos blocos FZA-M-57, FZA-M-86, FZA-M-88, FZA-M-125 e FZA-M-127, localizados em águas ultraprofundas no norte do Brasil, a cerca de 120 km do estado do Amapá, em fronteira exploratória de alto potencial na margem equatorial brasileira.

A estatal petroleira comunicou que os cinco blocos foram adquiridos na 11ª Rodada de Licitação de Blocos da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) pelo consórcio operado pela Total, com 40% de participação, tendo como parceiras a Petrobras (30%) e a BP Energy do Brasil LTDA (30%).

Com este acordo e de acordo com os termos previstos nas regras do consórcio, a Petrobras poderá aumentar a sua participação de 30% para pelo menos 50% podendo chegar a 70%, caso a BP não manifeste interesse em elevar a sua participação.

Emissão de debêntures da Engie

A Engie Brasil Energia (EGIE3) comunicou ao mercado, no último domingo (27), que sua subsidiária a USINA TERMELÉTRICA PAMPA SUL S.A. realizou o pedido de registro de oferta pública de distribuição de 582.000 debêntures simples, não conversíveis em ações, da espécie com garantia real, e garantia adicional fidejussória, em duas séries, da 2ª emissão da UTPS.

As debêntures serão objeto de distribuição pública, nos termos da Instrução CVM 400 e demais leis e regulamentações aplicáveis. O valor nominal unitário das debêntures será de R$ 1.000,00, totalizando, na data da emissão, o valor de R$ 582.000.000,00.

“Este comunicado não constitui uma oferta de subscrição, ou um convite e/ou solicitação de oferta para aquisição das Debêntures”, destacou a Engie.

Cade aprova 1ª fase da compra do Complexo Eólico Cajuína pela AES Tietê

A AES Tietê (TIET11) anunciou, no último sábado (26), que a operação aprovada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), na última sexta-feira (25), se referia à primeira fase do Complexo Eólico Cajuína, com 1,1 mil MW e localizado no Rio Grande do Norte.

A explicação da AES Tietê veio após o documento divulgado no site do Cade levar à interpretação de que a companhia havia firmado a compra de um outro complexo eólico da Casa dos Ventos no Ceará, totalizando 420 MW de capacidade, chamado Ventos de Santa Tereza.

Frente a isso, a geradora divulgou uma nota afirmando que o projeto, na verdade, se referia primeira fase do complexo greenfield denominado Cajuína. A menção ao Ceará diz respeito à sede da empresa com a qual o negócio foi fechado.

BR Distribuidora antecipa dividendos adicionais para o dia 30

Para fechar a Agenda do Dia, a BR Distribuidora (BRDT3) comunicou, na última sexta-feira (25), que irá antecipar para 30 de setembro o pagamento de dividendos adicionais, referentes ao exercício de 2019, aos seus acionistas. A BR informou que o pagamento total será de cerca de R$ 547,2 milhões, sendo que R$ 534 milhões foram aprovados anteriormente e o restante foi aprovado em atualização dos valores.

“Considerando ainda a nossa atual geração de caixa e nível de endividamento, avaliamos oportuno realizar o pagamento dos dividendos adicionais já em 30 de setembro”, destacou a empresa em seu comunicado.
A Agenda do Dia do Suno Notícias mostra os principais acontecimentos que prometem movimentar o mercado durante o dia.

Juliano Passaro

Compartilhe sua opinião