Negócios

Agenda do Dia: Oi; Banco Inter; BR Distribuidora; Odebrecht; BB Seguridade

0

Os assuntos da Agenda do Dia desta quinta-feira (26) prometem agitar o mercado interno e externo.

A Oi negou, em comunicado ao mercado, na última quinta-feira (26), que irá fatiar suas operações entre a Tim, a Vivo e a Claro. O Banco Inter deverá pagar R$ 12,8 milhões em juros sobre o capital próprio. Estas e outras notícias fazem parte da Agenda do Dia desta quinta.

A Agenda do Dia conta também com a notícia sobre a Odebrecht e seus bancos credores, que estão intensificando a busca por um acordo sobre a petroquímica Braskem.

Confira os principais pontos da Agenda do Dia:

Oi

A Oi (OIBR3;OIBR4) divulgou, na última quarta-feira (25), um comunicado ao mercado em que nega que poderia fatiar as suas operações entre telefonia móvel, fixa e de infraestrutura para a TIM (TIMP3), Vivo (VIVT4) e Claro.

No comunicado, a Oi salienta que continua focada na execução dos esforços de controle de custos e em outras iniciativas para a execução dos planos de investimentos nos planos estratégicos, além de visar a maximização do valor da empresa.

Veja também: Vale encerra sua participação na Bolsa de Valores de Paris

Banco Inter

O Conselho de Administração do Banco Inter (BIDI4) anunciou, na última quarta-feira, que pagará juros sobre o capital próprio no valor bruto de R$ 12,812 milhões.

O valor do juros sobre o capital próprio do Banco Inter é correspondente a R$ 0,018231110 por ação e R$0,054693330 por unit (BIDI11). O pagamento será realizado no dia oito de outubro aos acionistas que possuem ações da instituição no dia 30 de setembro.

BR Distribuidora

A BR Distribuidora comunicou, na última quarta-feira (25), que a Amazonas Energia assinou a quitação antecipada de sua dívida com a ex-subsidiária da Petrobras. O pagamento será feito em uma parcela de R$ 1,446 bilhão.

Veja também: Aéreas podem continuar cobrando por bagagem após Congresso manter veto de Bolsonaro

Odebrecht

A Odebrecht está intensificando, junto aos seus bancos credores, as tratativas para acelerar o plano de recuperação judicial.
Simultaneamente, também colocam na mesa o debate sobre a execução de garantias das instituições financeiras quem possuem as ações da Braskem. Além disso, também é discutido para onde irão os dividendos da petroquímica.

BB Seguridade

O BB Seguridade anunciou na última quarta-feira que orá diminuir seu capital. Do montante total de R$ 2,7 bilhões, o Banco do Brasil deverá receber R$ 1,8 bilhão. De acordo com o comunicado, o BB Seguridade vê seu capital social atual como “excessivo”.

A Agenda do Dia da Suno mostra os principais acontecimentos que prometem movimentar o mercado durante o dia.

Compartilhe a sua opinião

Juliano Passaro
Juliano Passaro escreve sobre política, economia e negócios para o portal da Suno Research. Antes da Suno, trabalhou no Portal da Band. É formado em jornalismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.