Negócios

Agenda do Dia: IRB; Telefônica; Engie; Weg; Ecorodovias; EDP

0

Os assuntos da Agenda do Dia desta quarta-feira (19) prometem mexer com o mercado interno e o externo.

A IRB Brasil divulgou seu lucro líquido, referente ao ano de 2019, que cresceu 44,7% em relação ao ano anterior. A Telefônica Brasil também apresentou seu balanço e registrou queda no lucro líquido contábil do quarto trimestre de 2019.

Além disso, a Agenda do Dia com também com a notícia sobre o Weg, que divulgou seus resultados na manhã desta quarta-feira (19).

Confira os principais pontos da Agenda do Dia:

IRB Brasil

O lucro líquido da IRB Brasil cresceu 44,7% em relação a 2018, passando de R$ 1,2 bilhão para R$ 1,7 bilhão em 2019. Já nos últimos três meses de 2019, o lucro foi de R$ 632,1 milhões.

No ano passado, a IRB Brasil encerrou o caixa líquido com R$ 35,9 milhões, queda de 16,8% em comparação com 2018. O índice de sinistralidade total da resseguradora foi de 51,1% em 2019, uma queda de 4,8 pontos porcentuais comparado com ano anterior, quando o índice foi de 55,9%.

Telefônica

A Telefônica Brasil (VIVT4) registrou queda no lucro líquido contábil do quarto trimestre de 2019, de 14,3%, somando R$ 1,274 bilhão. Em parâmetros recorrentes e desconsiderando a aplicação de normas contábeis (IFRS 16), a baixa registrada foi de 4,2%, para R$ 1,486.

Engie Brasil

A Engie Brasil (EGIE3) apresentou lucro líquido de R$ 2,311 bilhões (R$ 2,8310 por ação) em 2019. O valor representa uma baixa de 0,2%, ou R$ 4,3 milhões, em relação ao registrado em 2018.

A receita operacional líquida foi de R$ 9,80 bilhões, um crescimento de 11,5% em relação ao ano anterior, quando tinha sido de R$ 8,79 bilhões. No quarto trimestre do ano passado esse resultado cresceu de 21,4%, passando de R$ 2,302 bilhões para R$ 2,795 bilhões.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização), foi de R$ 5,163 bilhões no ano. Um aumento de 18,2% em relação ao ano anterior, ou de R$ 796,5 milhões. No quarto trimestre de 2019 esse crescimento foi de 21,6%, passando de R$ 1,31 bilhão para R$ 1,08 bilhão.

Weg

A Weg (WEGE3) divulgou seu balanço na manhã desta quarta-feira (19). A empresa teve lucro líquido de R$ 500 milhões no último trimestre de 2019, uma alta de 49,3% em relação ao mesmo intervalo de 2018. A receita líquida de vendas cresceu 20,9% para R$ 3,77 bilhões, um avanço de 20,9% na comparação ano a ano.

Ecorodovias

A Ecorodovias (ECOR3) apresentou lucro líquido de R$ 79,2 milhões nos últimos três meses de 2019. O valor representou uma alta de 40% em relação ao mesmo intervalo do ano passado. O lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação ( Ebitda) foi de R4 528,7 milhões, um avanço de 48,8% na comparação ano a ano.

EDP

A EDP Brasil (ENBR3) apresentou lucro líquido acumulado de R$ 1,337 bilhão em 2019. O valor foi 5,1% maior do que o registrado em 2018. Vale destacar que este foi o melhor resultado da empresa de energia elétrica no Brasil desde quando começou a atuar em território nacional em meados dos anos 2000.

De acordo com o presidente da EDP no País, Miguel Setas, o resultado do ano passado foi puxado por melhoras nas áreas operacionais de distribuição, com revisões tarifárias “bem sucedidas” das distribuidoras do grupo, e pelo crescimento dos projetos de transmissão.

A Agenda do Dia da Suno mostra os principais acontecimentos que prometem movimentar o mercado durante o dia.

Telegram Suno

Compartilhe a sua opinião

Juliano Passaro
Juliano Passaro escreve sobre política, economia e negócios para o portal da Suno Research. Antes da Suno, trabalhou no Portal da Band. É formado em jornalismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.