Negócios

Agenda do Dia: BR Malls; Vale; Energisa; Cyrela; Gol

0

Os assuntos da Agenda do Dia desta sexta-feira (13) prometem mexer com o mercado interno e o externo.

A BR Malls divulgou seu resultado referente ao último trimestre do ano passado e também ao acumulado do ano. A Vale anunciou que pode até suspender suas operações por conta da disseminação de coronavírus.

Além disso, a Agenda do Dia conta também com a notícia sobre a Energisa, que registrou queda em seu lucro do quarto trimestre.

Confira os principais pontos da Agenda do Dia:

BR Malls

A BR Malls (BRML3) teve lucro líquido de R$ 407,6 milhões entre outubro e dezembro de 2019, uma queda de 44% em comparação ao lucro líquido registrado no mesmo período de 2018, de R$ 727,7 milhões. O resultado financeiro da companhia de participações em shoppings foi divulgado na noite da última quinta-feira (12).

A receita líquida da BR Malls totalizou R$ 349,9 milhões no quarto trimestre do ano passado. Assim, houve uma queda de 0,5% em relação aos R$ 351,6 milhões apresentados no mesmo intervalo do ano anterior.

O lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) foi de R$ 725,7 milhões no último trimestre de 2019, queda de 32,2% em relação ao R$ 1,07 bilhão apresentado no mesmo intervalo de 2018.

Vale

Em comunicado ao mercado, realizado na noite da última quinta-feira (12), a Vale (VALE3) anunciou que pode ter dificuldades operacionais relacionadas à força de trabalho e, dessa forma, pode até ter de suspender suas operações por conta da pandemia de coronavírus (Covid-19).

Bolsa em queda livre!? Aproveita as maiores oportunidades da bolsa brasileira com nosso acesso Suno Premium.

A empresa ainda informou que “em escritórios em países onde a Covid-19 tem apresentado um impacto mais severo, a Vale implementou a rotina de trabalho remoto (home office)”.

Energisa

A Energisa (ENGI11) registrou queda de 47,6% no lucro líquido do quarto trimestre de 2019 ante o mesmo intervalo de 2018, para R$ 353,3 milhões. Os resultados foram publicados pela empresa na última quinta-feira (12).

No acumulado de 2019, o lucro líquido da empresa foi de R$ 527,2 milhões, uma queda de 55,3% em comparação ao ano anterior.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado foi de R$ 1,056 bilhão no quarto trimestre de 2019, uma baixa de 44,2%. No acumulado do ano passado, este indicador totalizou R$ 3,839 bilhões, uma queda de 6,2% em comparação a 2018.

Cyrela

A Cyrela Commercial Properties S.A comunicou seus acionistas e o mercado, na noite da última quinta-feira (12), que seu conselho de administração aprovou o Programa de Recompra de Ações, de emissão da própria empresa. O total de ações a serem adquiridas, segundo o fato relevante, é de até 4.953.408 de ações ordinárias, o que equivale a 3% do total de ações em circulação no mercado.

Gol

Em comunicado, a Gol comunicou que realizará mudanças em sua programação de voos. Isso será feito para garantir equilíbrio entre a diminuição da demanda e a qualidade e amplitude da malha aérea da empresa, por conta da diminuição de viagens causadas pelo impacto da pandemia de coronavírus.

Yduqs

A Yduqs (YDUQ3) apresentou um lucro líquido de R$ 684,4 milhões no acumulado de 2019. De acordo com uma das maiores empresas do ramo de educação do Brasil, o lucro cresceu 6,1% em relação a 2018.

Por outro lado, foi observada uma queda no lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda), que caiu 1,2% em 2019 ante 2018, para R$ 1,14 bilhão.

A Agenda do Dia da Suno mostra os principais acontecimentos que prometem movimentar o mercado durante o dia.

Telegram Suno

Compartilhe a sua opinião

Juliano Passaro
Juliano Passaro escreve sobre política, economia e negócios para o portal da Suno Research. Antes da Suno, trabalhou no Portal da Band. É formado em jornalismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.