Negócios

Agenda do Dia: BR Distribuidora; BMG; Caixa; Petrobras; Minerva

0

Os assuntos da Agenda do Dia desta quinta-feira (24) prometem agitar o mercado interno e externo.

A BR Distribuidora estuda estender sua atuação para outros segmentos, além da distribuição de combustíveis. O BMG registra uma demanda quatro vezes maior do que o volume de papéis da oferta de seu IPO. Estas e outras notícias fazem parte da Agenda do Dia desta quinta.

A Agenda do Dia conta também com a notícia sobre a Petrobras e a Vale, que divulgam seus resultados após o fechamento do pregão.

Confira os principais pontos da Agenda do Dia:

BR Distribuidora

A BR Distribuidora pode estender sua atuação para outros segmentos, além da distribuição de combustíveis. A ideia, de acordo com o presidente da companhia, Rafael Grisolia, é criar comercializadoras de etanol, energia e gás natural.

“A Petrobras, por razões legitimas dela, trata todas as distribuidoras de forma igualitária. Ela precisa fazer isso por uma questão antitruste. Não tenho um milímetro de diferença em relação à menor distribuidora [na negociação de contratos de suprimento]. Vejo uma oportunidade gigantesca para a BR. A partir do momento em que as refinarias não pertençam a um só agente, poderemos estar livres dessa amarra que se impõe para nós”, relatou Grisolia ao “Valor Econômico”.

O presidente da BR ainda afirmou que a Petrobras não enxerga a companhia como “seu principal cliente”.

BMG

O oferta inicial de ações (IPO) do BMG registra uma demanda quatro vezes maior do que o volume de papéis da oferta. A faixa indicativa da precificação está entre R$ 11,60 e R$ 13,40.

Veja também: Valuation da WeWork passa de US$ 47 bilhões para US$ 8 bilhões

O IPO do BMG deve movimentar R$ 1,499 bilhão. O Banco informa que possui 3,8 milhões de clientes e 4 milhões de cartões de crédito consignados ativos na instituição. Além disso, o BMG conta com 2 mil bancários, 19 agências e 620 lojas com a marca “Help! Loja de Crédito”.

Caixa Econômica

A Caixa Econômica Federal espera realizar a abertura de capital de pelo menos duas subsidiárias até 2020. A Caixa Seguridade e a Caixa Cartões devem ser as controladas contempladas.

O Tribunal de Contas da União (TCU) e a B3, entretanto, ainda precisam aprovar a operação, de acordo com o presidente da Caixa, Pedro Guimarães.

Petrobras e Vale

A Petrobras e a Vale devem divulgar seus resultados do terceiro trimestre de 2019 nesta quinta-feira (24).

A expectativa em torno dos resultados da Petrobras é de que o lucro da empresa apresente um crescimento de 63,4%, por conta do aumento de produção da empresa em petróleo e gás. O desempenho no pré-sal, fruto dessa melhora na produção, deve tem grande influencia sobre o resultado da petroleira. O resultado será divulgado após o fechamento do mercado.

A Vale também irá apresentar seu resultado após o fechamento do mercado. Os maiores volumes de vendas de minério de ferro devem impulsionar o resultado da Vale. De acordo com a projeção de 11 bancos, a receita da Vale deve ficar em torno de US$ 10,3 bilhões no trimestre entre julho e setembro.

Minerva

A Minerva assina nesta quinta-feira (24) um contrato com Joey Foods para criar a primeira joint-venture de uma empresa brasileira de carnes na China. A Minerva ficará com 51% do capital e a Joey com 49%. O valor total do investimento é de US$ 15 milhões.

TIM

A TIM entregou ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) um requerimento contra a aprovação da compra da Nextel pela dona da Claro, a América Móvil. A compra, no entanto, foi informada ao mercado no mês de março. O valor total da negociação ficou e US$ 905 milhões. Vale ressaltar que o órgão regulador concedeu, em setembro, o aval para a operação.

A Agenda do Dia da Suno mostra os principais acontecimentos que prometem movimentar o mercado durante o dia.

Compartilhe a sua opinião

Juliano Passaro
Juliano Passaro escreve sobre política, economia e negócios para o portal da Suno Research. Antes da Suno, trabalhou no Portal da Band. É formado em jornalismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.