Agenda do Dia: Macri corta imposto e JBS pode ir ao mercado dos EUA

Agenda do Dia: Macri corta imposto e JBS pode ir ao mercado dos EUA
Agenda do Dia

Os assuntos da Agenda do Dia da última quinta-feira (15) agitaram o cenário global. Os bancos da Argentina anunciaram que irão vender dólares para tentar estabilizar o câmbio. O Ibovespa fechou a última quinta-feira em baixa. O principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo (b3) teve queda de 1,2% a 99.056 pontos. O dólar encerrou em queda de -1,242%.

Para evitar uma possível derrota nas eleições presidenciais, Mauricio Macri, atual presidente da Argentina, permanece apostando em política populista. Esta e outras notícias caracterizam a Agenda do Dia.

Entre os acontecimentos para ficar de olho, estão as ofertas que devem ser recebidas pela Petrobras por sua subsidiária Liquigás. Além disso, a Agenda do Dia conta também com a JBS retomando os planos para ir ao mercado dos EUA.

Confira os principais pontos da Agenda do Dia:

Macri corta imposto sobre valor agregado de produtos básicos

A Argentina continua em evidência no mercado internacional. O presidente Mauricio Macri anunciou, na noite da última quinta-feira (15), que irá extinguir o IVA (impostos sobre valor agregado) de produtos como:

  • pães;
  • arroz leite;
  • mate;
  • azeite.

A medida é mais uma ação populista do mandatário para conter a crise econômica e incentivar o consumo da população. “Minha única prioridade é cuidar dos argentinos e lhes levar alívio”, disse Macri. A medida, assim como as outras impostas pelo presidente nesta semana, valerá até o dia 31 de dezembro.

JBS volta a fazer planos para ir ao mercado dos EUA

A JBS (JBSS3) tem novamente planos para entrar no mercado dos Estados Unidos. Em 2017, após as delações dos irmãos Joesley e Wesley Batista nos processos da Lava Jato, os planos foram adiados.

Presente em quatro continentes, a JBS gera 25% de sua receita com exportação e tem forte presença nos EUA. De acordo com o presidente da empresa, Gilberto Tomazoni, a empresa está voltando aos planos para fazer a listagem de ações na bolsa de Nova York.

Petrobras aguarda ofertas pela Liquigás

Dois grupos devem apresentar nesta sexta-feira (16) propostas para adquirirem a Liquigás, subsidiária da estatal Petrobras. O Itaúsa e o fundo Mubadala são os prováveis interessados que devem fazer a oferta.

Em 2016, a Petrobras tentou vender a Liquigás para o grupo Ultra. Entretanto a venda não deu certo por conta do Cade, que impediu o negócio que já estava fechado entre as empresas.

Veja também: Crédito imobiliário: taxa de juros indexada à inflação será menor do que a atual 

BRF pode captar R$ 4,4 bilhões em ações

A BRF está de olho no mercado para conseguir um valor de R$ 4,4 bilhões em emissões de papéis de renda fixa. A ideia da companhia é aproveitar o bom momento, causado pela divulgação de seu balanço com resultados positivos.

As ações da empresa apresentaram alta após a divulgação do lucro líquido trimestral da empresa, que ficou em R$ 191 milhões.

A Agenda do Dia da Suno mostra os principais acontecimentos que prometem movimentar o mercado durante o dia.

Juliano Passaro

Compartilhe sua opinião