Ações da Braskem caem 7% devido à paralisação de mineração de sal

Ações da Braskem caem 7% devido à paralisação de mineração de sal
Ações da Braskem caem 20% após LyondellBasell desistir de compra

As ações preferenciais da Braskem (BRKM5) encerraram em queda de 7,36%, a R$ 40,53, por conta da avaliação de alternativas para o fornecimento de suas fábricas em Alagoas, nesta quinta-feira (9). Ao passo que os papeis ordinários tiveram baixa de 4,48% a R$ 40,13, na B3 (Brasil, Bolsa, Balcão).

A paralisação de mineração do sal-gema na região de Maceió ocorre após relatório geológico mostrar que a atividade da Braskem está comprometendo solos de bairros da cidade. As informações são da “Reuters”.

A Braskem extrai sal-gema em vários poços instalados em divergentes áreas de Maceió. De acordo com o relatório do Serviço Geológico do Brasil, a atividade de mineração desestabilizou cavidades e gerou afundamento de solo na capital alagoana, ao longo das décadas.

Na última quarta-feira (8), quando o relatório foi divulgado, o prefeito de Maceió, Rui Palmeira (PSDB), afirmou que a cidade está estudando medidas de reparação e prejuízos. O Ministério Público (MP) de Alagoas pediu ao governo estadual a suspensão de licenças ambientais das operações de mineração da Braskem.

CEO da Braskem posiciona-se

“É um tema complexo e nossa equipe técnica está lendo o relatório. Estamos estudando possíveis alternativas (ao fornecimento de sal-gema). As fábricas precisam de sal. O importante é chegar o sal”, afirmou o presidente-executivo da Braskem, Fernando Musa.

Após o comentário de Musa, a empresa química divulgou fato relevante ao mercado financeiro. No comunicado, a companhia confirma que paralisou a extração de sal e de fábricas de cloro-soda e dicloretano em Maceió.

Estes insumos são básicos para a fábrica de PVC da empresa, localizada em Marechal Deodoro (AL). E também para o pólo petroquímico da companhia em Camaçari (BA).

Saiba mais – Ações da Taurus sobem 24%; mas empresa tem histórico de volatilidade

De acordo com Musa, a Braskem preocupa-se com a segurança da operação e dos bairros de Maceió. Além disso, informou que a área de vinílicos da Braskem representa 3% a 5% do resultado global da companhia. Em tal área estão inseridas as atividades de mineração e as fábricas no Estado.

“É relevante, mas não é algo que seria considerado material”, disse o CEO.

Clique aqui e confira o fato relevante da Braskem na íntegra.

Amanda Gushiken

Compartilhe sua opinião