Plano & Plano (PLPL3) pode movimentar mais de R$1 bi com IPO

Plano & Plano (PLPL3) pode movimentar mais de R$1 bi com IPO
De acordo com a Plano & Plano, 11 investidores estrangeiros foram responsáveis pela compra de 9.899.710 ações.

Estimativas de coordenadores avaliam que a oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) da incorporadora e construtora Plano & Plano pode movimentar mais de R$ 1 bilhão.

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! cadastro feitocom sucesso.

lead suno background

Conforme aviso ao mercado divulgado nesta terça-feira (25), a faixa estimativa de preço da operação é de R$ 11,75 a R$ 15,25 por ação. Dessa forma, quando considerado o ponto médio deste intervalo, de R$ 13,50, a Plano & Plano poderia movimentar R$ 1,16 bilhão no processo, na hipótese de venda de todos os papéis ofertados, incluindo os lotes suplementar a adicional, em um total de 86,17 milhões de ativos.

A precificação da oferta pública da construtora está prevista para acontecer no dia 15 de setembro, enquanto a estreia das ações na bolsa de valores brasileira, a B3, está marcada para 17 do mesmo mês, sob o ticker “PLPL3“.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

O processo de IPO prevê a distribuição primária de ações novas, cujos recursos são captados para o caixa da empresa; e secundária, na qual são ofertados papéis detidos pelos próprios sócios. A operação terá como coordenadores as instituições financeiras Itaú BBA, Bradesco BBI, BTG Pactual, Morgan Stanley e Caixa Econômica Federal.

Plano & Plano é focada no MCMV e controlada pela Cyrela

A companhia voltada para o programa habitacional Minha Casa, Minha Vida (MCMV), controlada pela também incorporadora e construtora Cyrela (CYRE3).

“Iniciamos nossas atividades como incorporadora e construtora de empreendimentos imobiliários de médio e alto padrão e evoluímos para nos concentrar na incorporação e construção de empreendimentos residenciais de baixa renda, também enquadrados no Programa Minha Casa Minha Vida”, segundo o prospecto da oferta.

Com isso, são vendedores no processo de abertura de capital a própria Cyrela, assim como Rodrigo Fairbanks Von Uhlendorff e Rodrigo Uchoa Luna. Este criou a Plano & Plano em 1997 e no mesmo ano Uhlendorff se tornou sócio, ao passo que a joint venture com a Cyrela Brazil Realty aconteceu em 2006.

Arthur Guimarães

Compartilhe sua opinião