14 petroleiras estão inscritas no megaleilão dos excedentes da cessão onerosa

14 petroleiras estão inscritas no megaleilão dos excedentes da cessão onerosa
Petróleo chega a cotação negativa pela primeira vez na história

De acordo com a publicação desta segunda-feira (30) do Diário Oficial da União, 14 petroleiras se habilitaram para participar do megaleilão dos excedentes da cessão onerosa.

A Petrobras foi a única estatal brasileira a manifestar interesse. A cessão onerosa está marcada para o dia 6 de novembro e vai ofertar os excedentes de quatro áreas do pré-sal da Bacia de Santos: Búzios, Itapu, Atapu e Sépia.

Confira as listas da empresas habilitadas e não habilitadas a operar:

Megaleilão é adiado

O governo federal adiou a data do megaleilão de petróleo do pré-sal para 6 de novembro. A data para o certame foi divulgada junto ao edital da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), no dia 13 de junho, no Diário Oficial da União.

A previsão é de que o leilão da cessão onerosa do pré-sal renda R$ 106,5 bilhões à União. Antes do adiamento, o Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), havia informado que o leilão iria acontecer em 28 de outubro.

A Petrobras recebeu uma proposta de mais de R$ 1 bilhão pelos polos de produção de petróleo de Pampo e Enchova, na bacia de Campos. A principal candidata para assumir os polos é a inglesa Trident Energy, sediada em Londres.

Além disso, no dia 13, foi concluída a venda de 90% da Transportadora Associada de Gás (TAG), subsidiária da Petrobras, para a Engie junto ao fundo Caisse de Dépôt et Placement du Québec (CDPQ) por R$ 33,5 bilhões.

Cessão onerosa

A cessão onerosa do pré-sal é a área excedente de exploração encontrada na Bacia de Santos, em São Paulo. Em 2010, a Petrobras assinou um acordo de R$ 74, 8 bilhões junto a União para a produção de 5 bilhões de barris de petróleo na área.

Confira Também: Petrobras: Conselho aprova termo aditivo em contrato da cessão onerosa

No entanto, o governo federal estima que no pré-sal podem ser explorados mais de 6 bilhões de barris. Dessa forma, a ideia da União é leiloar esse volume excedente.

Poliana Santos

Compartilhe sua opinião