Rodrigo Wainberg

99 artigos publicados

Profissional aprovado no Level III da certificação CFA, investidor em ações há 6 anos. Possui registro de Analista e Consultor de Valores Mobiliários e é Bacharel em Física pela UFRGS.

Por: Rodrigo Wainberg

Despesas operacionais: conheça os 3 tipos mais comuns no mercado

Alguma vez na vida você se deparou com o conceito de despesas operacionais? Essas são algumas categorias de custos presentes no Demonstrativo de Resultado de Exercício. Então, as despesas operacionais são todos aqueles custos do dia a dia da operação. Portanto, não estão relacionados à produção, resultado financeiro, IR e CSLL. Essas despesas podem ser classificadas […]

Por: Rodrigo Wainberg

Alavancagem operacional: Aprenda o segredo do crescimento exponencial

Você já ouviu falar do conceito de ganhos de escala? Isso está relacionado à alavancagem operacional, que pode ser algo recompensador para o investidor em valor. A alavancagem operacional é um conceito relacionado à proporção de custos fixos e variáveis dentro de uma companhia. De um lado, os custos fixos representam todas aquelas despesas da operação […]

Por: Rodrigo Wainberg

Free Float: descubra se esse indicador é relevante ou não

Você já se deparou alguma vez com o conceito de Free Float? Esse é um termo comum no mercado das ações listadas na bolsa de valores. Free Float (FF) mede a porcentagem de ações da companhia que estão em livre circulação no mercado. De fato, a tradução é direta: Float significa “circulação” enquanto Free  quer dizer “livre”. Ou […]

Por: Rodrigo Wainberg

Giro do ativo: aprenda como calcular esse importante indicador

Você já ouviu falar no giro do ativo? Esse é um indicador bastante interessante para utilizar na análise fundamentalista de companhias da bolsa. O que é giro de ativo? O giro do ativo (GA) é a comparação de quanto a empresa vende em relação ao total de ativos, sendo calculada pela razão entre receita líquida e […]

Por: Rodrigo Wainberg

Corretagem: descubra se esse custo importa tanto assim

O principal custo para o investidor em ações ou fundos imobiliários é chamado de corretagem. Você sabia? A corretagem é o custo que você paga para a sua corretora de valores intermediar as suas operações de compra e venda de ações e fundos imobiliários na bolsa de valores. Existem três tipos: Fixa Variável Mista Embora este seja […]

Por: Rodrigo Wainberg

Investir na bolsa: descubra o que tem de errado nessa expressão

Investir na bolsa. Seria essa a melhor expressão? Tenho certeza de que você já ouviu algo desse tipo. Então vamos entender neste artigo por que investir na bolsa não é o termo ideal nem para entender a bolsa de valores e nem para compreender no que estamos investindo. Mas primeiro de tudo, devemos esclarecer os conceitos. […]