Acesso Rápido

    XBOV11: conheça e saiba como investir nesse ETF do Ibovespa

    XBOV11: conheça e saiba como investir nesse ETF do Ibovespa

    O BOVA11 é o maior e mais conhecido ETF negociado no mercado brasileiro. Entretanto, assim como o BOVA11, o fundo de índice da Caixa, o XBOV11, também tem como benchmark o Índice Bovespa (IBOV).

    Desta forma, o XBOV11 pode ser uma ótima oportunidade para quem quer começar a investir na renda variável com praticidade e diversificação.

    O que é o XBOV11?

    XBOV11 é um ETF negociado na B3 que replica o Índice Bovespa, o principal índice de ações existente no mercado brasileiro. Chamado oficialmente de CAIXA ETF IBOVESPA, o XBOV11 é administrado pela Caixa Econômica Federal.

    O Índice Bovespa, ou Ibov, é um indicador do desempenho médio das empresas listadas na bolsa de valores nacional (B3). Ou seja, as flutuações no Ibovespa tendem a acompanhar as variações médias dos preços das ações listadas na bolsa de forma ponderada.

    Dessa forma, pode-se considerar que o XBOV11 é uma forma direta de se investir no Ibovespa, assim como outros ETFs referenciados no índice, como o BOVA11 e o BOVV11.

    E-book: Investir em Fundos de Investimento

    Baixe gratuitamente nosso ebook aprenda como escolher e investir nos melhores Fundos de Investimento do mercado.

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Como funciona o XBOV11?

    O XBOV11 funciona como uma carteira teórica de ações, composta com o objetivo de replicar o resultado do Índice Bovespa.

    Logo, o fundo gerido pela Caixa Econômica Federal, para satisfazer tal objetivo, compõe a sua carteira teórica de forma ponderada assim como o Ibovespa. Ou seja, quanto maior for o valor de mercado da empresa maior será seu peso no fundo.

    Com isso, a cotação do XBOV11 tende a seguir o próprio desempenho do Índice Bovespa

    Entre as principais empresas que fazem parte da composição do XBOV11, estão:

    Como investir no XBOV11?

    Todo ETF é negociado diretamente na bolsa. Portanto, para investir no XBOV11, basta ter acesso a alguma corretora de valores para intermediar a compra de cotas do fundo.

    Como ativo é gerido pela Caixa, há uma cobrança de taxa de administração. No caso da taxa de administração do XBOV11, é cobrado o valor de 0,5% ao ano sobre o investimento total feito pelo investidor. O lote-padrão do XBOV11 é de 10 cotas.

    Vantagens do XBOV11

    Para quem está conhecendo o XBOV11, além de outros ETFs, é interessante conhecer as vantagens de investir neste tipo de ativo.

    1. Alta diversificação

    Para investidores iniciantes na renda variável, uma ótima forma de minimizar os impactos das oscilações nos preços dos ativos é diversificando.

    Logo, por ser composto por diversas empresas de diferentes setores econômicos, é possível dizer que o XBOV11 é um investimento diversificado.

    2. Praticidade no investimento

    Investimento diversificado de gestão passiva, onde o investidor não precisa analisar profundamente cada ativo adquirido.

    3. Baixa taxa de administração

    Se comparada a taxa de administração de outros fundos de investimento e ETFs, a taxa de 0,5% a.a. é bastante atrativa.

    Planilha de Controle de Investimentos

    Faça o controle completo das suas ações, FIIs e todos os seus investimentos com a nossa planilha gratuita de Controle de Investimentos!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Desvantagens do XBOV11

    Por outro lado, também é possível destacar algumas vantagens desse ativo, principalmente quando comparado a outras opções da renda variável.

    1. Menor potencial de rentabilidade

    Por se tratar de um ativo bem diversificado sem um critério qualitativo, o potencial de rentabilidade pode ser menor que comparado a gestão ativa de uma carteira de ações escolhida (stock picking), por exemplo.

    2. Taxa de administração

    Mesmo que seja baixa, há a necessidade de pagamento de uma taxa de administração para investir nesse produto.

    Portanto, caso o investidor tenha o conhecimento suficiente para selecionar a dedo as suas ações, é recomendado sempre fugir de taxas e tarifas que podem mitigar a rentabilidade do investimento.

    Qual a diferença entre o XBOV11 e o BOVA11?

    Assim como o XBOV11, outros ETFs utilizam o Ibovespa como benchmark, como é o caso do BOVA11 e do BOVV11. Logo, na prática, não existe diferença entre o XBOV11 E o BOVA11.

    Os dois se diferem apenas na liquidez de mercado (o BOVA11 é possui um volume de negociação maior) e Na taxa de administração — já que o BOVA11 cobra apenas 0,3% ao ano, ao contrário dos 0,3% ao ano do XBOV11.

    Vale a pena investir no XBOV11?

    Investir em ETFs, como é o caso do XBOV11, sem dúvidas, é uma ótima forma de começar a aproveitar as oportunidades da renda variável.

    Contudo, para que o investidor diminua ainda mais o risco em suas aplicações e aumente o potencial de rentabilidade dos investimentos, é recomendado uma análise fundamentalista das empresas listadas na bolsa.

    Dessa forma, é possível selecionar os ativos mais apropriados para a carteira do investidor, de acordo com seus objetivos e preferências individuais.

    E, neste ponto, o investimento no XBOV11 é limitado, já que as empresas inseridas nessa carteira seguem um critério puramente quantitativo e não qualitativo.

    Esse artigo te ajudou a entender o que é o XBOV11? Deixe dúvidas e comentários no espaço abaixo.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *