Acesso Rápido

    Venda antecipada: como fazer o resgate de títulos do Tesouro

    Venda antecipada: como fazer o resgate de títulos do Tesouro

    As Letras do Tesouro Nacional são uma opção de investimento que tem se popularizado no país. Uma das características desse tipo de aplicação é a segurança no recebimento, já que o pagamento é garantido pelo governo brasileiro. Outra é a possibilidade de resgate antes do prazo de vencimento, por meio da venda antecipada.

    A venda antecipada de títulos pode ter vantagens e desvantagens, dependendo do tipo de papel e do momento da operação.

    O que é venda antecipada?

    A venda antecipada acontece quando um investidor resgata um ativo antes da data prefixada. No caso dos títulos públicos federais, o Tesouro paga pelo papel antecipadamente em duas ocasiões:

    • Quando se chega na data de vencimento do ativo;
    • Com o resgate antecipado.

    A venda antecipada de um título do Tesouro Nacional, na verdade, é uma compra do ativo pelo próprio governo. Uma vantagem desse tipo de ativo frente a outros investimentos é que os títulos têm a possibilidade de serem resgatados quando o investidor quiser.

    Porém, como o valor dos títulos públicos oscilam conforme há mudanças de avaliação sobre a economia no mercado financeiro. Portanto, o momento em que o resgate antecipado é feito faz muita diferença no retorno dessa operação.

    Quer reservar um dinheiro para fazer investimentos, como em títulos públicos? Baixe a planilha do orçamento familiar e tenha uma ferramenta para obter recursos excedentes.

    Como fazer uma venda antecipada?

    O resgate antecipado pode ser feito na plataforma do Tesouro Direto ou pela corretora junto à qual os papéis foram adquiridos. Antes da venda, é importante se observar a marcação de mercado, ou seja, o valor atualizado dos títulos.

    Se o investidor necessitar do dinheiro aplicado no título, precisa fazer o resgate e aguardar um dia útil para receber o dinheiro.

    Lucro com o resgate antecipado

    Como muitos títulos são de médio e longos prazo, é possível obter lucro com a venda antecipada. É importante acompanhar o mercado antes de um resgate antecipado. O investidor pode consultar no site do Tesouro Direto os valores atuais dos títulos que possui.

    É importante, no entanto, conhecer a dinâmica do investimento.  Os títulos do Tesouro podem ter remuneração pré-fixada ou pós-fixada. No primeiro caso, é estabelecida uma taxa de rendimento no vencimento com base na expectativa da taxa de juros o período.

    No caso dos pós-fixados, o retorno é baseado na variação de um índice. Este pode ser a própria Selic ou o Índice de Preços ao Consumidor Ampliado (IPCA), o indicador oficial de inflação no Brasil.

    De modo geral, como o valor dos papéis oscilam em função da taxa básica de juros, quando há queda na Selic, esses papéis se valorizam. Em contrapartida, se há aumento dos juros, o preço cai.

    Os títulos do Tesouro pós-fixados atrelados à Selic possuem um risco menor de perda de valor em caso de venda antecipada, por que acompanham a variação da taxa de juros. Por essas razões, esse tipo de título costuma ser recomendado para investidores que pretendem ter uma reserva de emergência.

    Esperamos que você tenha esclarecidos suas dúvidas sobre venda antecipada. Caso ainda tenham restado dúvidas, deixe sua pergunta nos comentários abaixo.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    2 comentários

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • Tiago Alves 1 de agosto de 2019

      Olá.

      Mas no caso se eu vender minhas cotas de títulos do tessouro e o valor das cotas for maior do que o valor que eu apliquei e além disso eu tenha tido x de rentabilidade, eu ganho com a valorização do título e a rentabilidade?

      Responder
      • Vinicius Fernandes 1 de setembro de 2020

        Boa tarde, no caso de venda antecipada para Titulos IPCA+ e Prefixados, a rentabilidade contratada deixa de existir. E o que será negociado é o preço atual do título. Por exemplo, caso vc tenha comprado o titulo por 100 reais e hoje o governo compra de você por 150, você terá então um lucro de 50 reais, independente do tempo que você ficou com o titulo. E o negativo pode vir a acontecer também, voce compra por 150 e hoje o governo te paga 100, vc terá um prejuízo de 50 reais.
        Acompanhe nosso canal no youtube: investimentos em dobro. Obrigado

        Responder