AnalisesConhecimentoInvestimentos

Valor Presente Líquido – Ferramenta utilizada em estudos de viabilidade

By 13 de dezembro de 2017 No Comments
Valor Presente Líquido ajuda no estudo de viabilidade financeira

Dentre os diversos termos presentes no universo dos investimentos, o Valor Presente Líquido – comumente representado por VPL – se faz bastante representativo.

Apesar de não ser considerado como um indicador fundamentalista por muitas pessoas, o Valor Presente Líquido é uma ferramenta bastante eficaz na avaliação de investimentos e de suas respectivas viabilidades.

Valor Presente Líquido – Definição

O Valor Presente Líquido é o valor monetário na data inicial do fluxo de caixa de todas as entradas e saídas de recursos financeiros.

Dessa forma, o VPL pode ser definido, então, como sendo a diferença entre o valor presente do fluxo de caixa (entradas e saídas) menos o investimento inicial.

Valor Presente Líquido – Exemplo

Suponha-se que um investidor faça um investimento de R$ 100,00 em alguma aplicação e, neste sentido, o mesmo espera um retorno, ou seja, uma Taxa Mínima de Atratividade (TMA) de 10%.

Em outras palavras, isso significa que esses R$ 100,00 inicialmente investidos deverão se transformar em R$ 110,00 ao fim do período pré-estabelecido, de acordo com suas expectativas.

Nessa conjuntura, imagine-se ainda que surja um investimento ainda melhor no mercado que, após um estudo aprofundado, percebeu-se que pode representar um retorno de 15% no mesmo período, a uma taxa de risco coerente com a mesma Taxa Mínima de Atratividade do caso anterior.

Dessa forma, nessa segunda oportunidade de investimento, o resultado final da aplicação seria, portanto, de R$ 115,00, ao término do mesmo período.

A diferença entre os dois retornos, ou seja, 5%, quando levados ao valor presente da aplicação, representará, dessa forma, o Valor Presente Líquido, ou seja, o VPL.

Assim sendo, pode-se entender que o VPL é quanto o investidor pode ganhar a mais do que investindo com a Taxa Mínima de Atratividade, porém trazido a valor presente.

Critérios de avaliação

É compreensível, após uma breve análise, que todo investidor deve buscar alternativas de investimentos que representem um VPL maior que zero, pois isso significa que o mesmo estará obtendo maiores retornos nessa nova aplicação do que se mantendo na anterior.

Caso o VPL seja menor que zero, isso significa que seria viável a rejeição dessa nova alternativa, visto que não faz sentido algum investir-se em aplicações que produzam rentabilidades abaixo do esperado.

Ainda, se o VPL for igual a zero, a situação se torna indiferente, indicando que os dois ativos estudados representam um mesmo potencial de remuneração quando observados em uma mesma janela de tempo.

Conclusão

Como foi possível constatar, o VPL é uma ferramenta bastante importante para a avaliação e o estudo da viabilidade ou não de uma aplicação.

Entretanto, é necessário frisar que, antes de qualquer estudo dos fundamentos de um projeto empresarial, é necessário, primeiramente, entender todo o processo operacional do empreendimento em questão, compreendendo claramente a proveniência de suas receitas e também os seus potenciais gastos futuros, além do ambiente como um todo e as perspectivas de mercado daquela conjuntura societária, e como esses fatores podem afetar este projeto.

Tomada essas precauções, certamente o cálculo do Valor Presente Líquido se mostrará uma alternativa bastante viável e coerente no que diz respeito a uma análise de investimento financeiro.

Compartilhe a sua opinião

Tiago Reis

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.