Acesso Rápido

    Underweight: como interpretar esta análise sobre um ativo?

    Underweight: como interpretar esta análise sobre um ativo?

    Diversos termos utilizados no mercado financeiro são desconhecidos pela maior parte das pessoas. Este é o caso do underweight.

    O termo underweight é utilizado especialmente quando o assunto é a compra de ativos no mercado financeiro.

    O que é underweight?

    Underweight, no mercado financeiro, representa um resultado abaixo do esperado para o papel que está sendo analisado. Por isso, ele representa o significado contrário de overweight e outperform, termos usados quando a ação rende acima do esperado em um primeiro momento.

    Em tradução para o português, underweight significa “abaixo do peso”. Desta forma, o underweight é, de certa forma, uma sinalização negativa à qual aqueles que já estão investindo em renda variável precisam ficar atentos.

    E-book: Invista como Warren Buffett

    Baixe gratuitamente o nosso ebook e aprenda os conceitos por trás da estratégia de Warren Buffett, o maior investidor de todos os tempos!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Afinal, um rendimento abaixo do esperado pode significar prejuízo para quem aplicou suas finanças na ação em questão.

    Análises sobre o mercado de ações

    A percepção de que uma ação tem rendimento abaixo do esperado não surge do nada. É preciso fazer algumas análises sobre os mercados de ações para chegar a esta conclusão.

    Os dois tipos mais utilizados são:

    A análise técnica é feita somente de dados da Bolsa de Valores. Seu intuito é, a partir da observação e estudo de determinados gráficos descobrir qual é o melhor momento para ingressar e sair da Bolsa.

    Por outro lado, a análise fundamentalista é feita a partir características específicas da empresa que emitiu os papéis e seus fundamentos.

    Investidores pessoas físicas costumam considerar recomendações de investimento oriundas de casas de análise antes de comprar (buy) ou vender (sell) ações. Dessa forma, é possível tomar a decisão com base em opiniões de investidores mais experientes.

    Sem seguir estas recomendações, o investidor pode ficar mais suscetível a retornos financeiros abaixo do esperado. Isso ocorre pois podem adquirir uma ação de uma boa empresa que possivelmente não está em um preço atrativo no momento de compra.

    Tipos de recomendações do mercado

    Após notar a importância de dar ouvidos a uma recomendação, é preciso compreender como ela funciona. Em geral, essas recomendações são dadas por quem assiste o investidor no  mercado financeiro.

    Na prática, existem dois tipos de recomendações:

    • As recomendações absolutas;
    • As recomendações relativas.

    Recomendações absolutas são aquelas dadas no momento em que se acredita que a ação terá alguma alteração de valor considerável. Aqui, em geral, é indicado comprar (quando a análise for positiva) ou vender (quando negativa) o papel em questão.

    Já as recomendações relativas trazem uma análise comparativa a determinados índices, como o Dow Jones ou o Ibovespa. E é nesta segunda opção que aparece o termo underweight.

    Ou seja, caso uma empresa tenha uma performance abaixo do esperado relativo ao índice comparativo, ela pode receber essa classificação.

    Foi possível saber mais sobre underweight? Deixe suas dúvidas nos comentários abaixo.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *