facebook_pixel
Seguradoras BBSE3 WIZS3 IRBR3

Em nossa visão, atualmente o setor de seguros passa por um momento de descrença, o que tem levado vários ativos do segmento a sofrerem contínuas desvalorizações.

Existe uma crença de que a queda das taxas de juros irá impactar os resultados financeiros de todas as empresas do setor, afetando seus fundamentos e perspectivas futuras.

Isto tem impactado as ações do setor, fazendo com que os múltiplos do segmento de seguros se tornaram atrativos, e se configuram como interessantes para os investidores que se interessam por dividendos, como exploramos em nosso ebook de dividendos.

Embora concordemos com esta afirmação no curto prazo, acreditamos que no médio prazo a menor rentabilidade com operações financeiras irá forçar o segmento segurador a fortalecer o seu lado operacional, justamente para compensar essa questão.

Além disso, nem todas as empresas da cadeia de seguros são impactadas da mesma forma.

Por exemplo, as empresas com maior participação de receitas oriundas de corretagem tendem a sofrer menos, pois são remuneradas por conta da originação de negócio e não com o “carrego” dos recursos oriundos da atividade seguradora.

Banco do Brasil Seguridade e WIZ Soluções, por exemplo, são empresas que têm maior exposição de resultado de corretagem e tem menor participação de resultado financeiro das aplicações nos seus resultados quando comparamos com outras empresas do segmento de seguros.

Além do mais, a Selic não irá “cair para sempre”, é esperado que em algum momento, talvez ao final deste ano, a taxa se estabilize, o que se traduz no fim da pressão negativa do resultado financeiro das seguradoras.

O setor de seguros é um segmento que vem crescendo de forma expressiva ao longo dos anos, e entendemos que este crescimento permanecerá, dado um mercado ainda bastante subpenetrado, quando comparados com outros países, o que deverá beneficiar as empresas do segmento no longo prazo.

Resultados das seguradoras

Além disso com taxas de juros estáveis, o resultado financeiro deixa de ser impactado, e como a tendência é de crescimento no volume total aplicado, o resultado financeiro volta a crescer, o que junto do natural crescimento do operacional da empresa, se traduz em resultados muito positivos no longo prazo, com uma forte geração de caixa e bons pagamentos de dividendos.

Por conta da atratividade do setor de seguros para o longo prazo, seu potencial de crescimento e remuneração aos acionistas, listamos aos nossos leitores 3 empresas do setor de seguros que devem pagar mais de 6% em dividendos nos próximos anos.

BB Seguridade  – BBSE3

BBSE3

A BB Seguridade Participações S.A. (BB Seguridade) é uma empresa de participações (holding) que é controlada pelo Banco do Brasil S.A. (Banco do Brasil) e atua em negócios de seguridade.

A empresa detém participação em sociedades com parceiros privados que operam produtos de seguros, além de deter participação no segmento de previdência, através da Brasilprev, capitalização com a BrasilCap, e corretagem de seguros, com a BB Corretora.

A BB Seguridade vem, naturalmente, sofrendo com um resultado menor por conta de um fraco resultado financeiro nas suas coligadas, mas como já ressaltamos, acreditamos ser um fator apenas pontual. A empresa pretende elevar seus esforços cada vez mais para aumentar seu resultado operacional não decorrente de juros, e depender cada vez menos de seu resultado financeiro, através do aumento da penetração dos produtos na base de correntistas do Banco do Brasil, que é um canal valioso para a Companhia.

A empresa pagou seu dividendo semestral de R$0,78 recentemente. Como estimamos uma melhora nos resultados operacionais para o segundo semestre deste ano e no ano que vem, vemos uma grande possibilidade da BB Seguridade pagar mais de 6% em dividendos nos próximos 12 meses.

IRB BRASIL RESSEGUROS – IRBR3

IRBR3

A empresa de resseguros, IRB Brasil Resseguros, líder de market share, com mais de 70% de participação no mercado ressegurador e grande expertise no setor, é mais um exemplo de empresa que deverá entregar dividendos atrativos para os próximos 12 meses.

Além disso, seu foco em expansão internacional, em especial na América Latina, vem colaborando para a empresa expandir seus resultados e representa naturalmente um trigger de crescimento para o longo prazo.

Abaixo podemos verificar como a empresa vem crescendo seus resultados nos últimos anos, em especial após a privatização da Companhia, ocorrida em 2013, a qual se refletiu em uma significativa evolução operacional.Resultados IRBR3

O Retorno sobre patrimônio da Companhia (ROE) também vem evoluindo significativamente e saltou de 15,4% em 2014 para mais de 31% no ano passado, fruto de uma forte melhora operacional, corte de despesas, etc.

Para 2017, apesar de um menor resultado financeiro, por conta, novamente, da retração das taxas de juros, esperamos um crescimento nos resultados, visto que a empresa vem compensando seus menores resultados financeiros com um forte desempenho de subscrição, guiado por uma baixa sinistralidade e um crescimento nas operações internacionais.

A estimativa é de um dividend yield próximo de 7,50% para os próximos 12 meses, o que é, inclusive, bem superior aos outros players do setor de seguros.

WIZ Soluções S.A – WIZS3
WIZ Soluções WIZS3

A Wiz Soluções, antiga PAR Corretora, é a empresa responsável pela corretagem de seguros da Caixa Seguradora. A empresa atua com exclusividade nos canais de vendas da Caixa, o que confere a ela uma previsibilidade de receitas, e permite que a empresa se beneficie do natural crescimento da penetração dos produtos nestes canais de venda.

Além disso, como a Wiz atua principalmente com corretagem, recebendo comissões das operações e dos negócios de seguros, a empresa é pouco dependente do resultado financeiro. No 2T17, por exemplo, o resultado financeiro representou menos de 7% do Lucro Líquido da Companhia.

Como o resultado líquido da Wiz foi impactado negativamente neste segundo trimestre, por conta de despesas não recorrentes com o desligamento de um executivo, além de despesas pontuais com a aquisição da Finanseg, o resultado acabou sendo comprometido, caso contrário, a representatividade do resultado financeiro seria ainda menor.

Como a empresa é uma forte geradora de caixa, não possui dívidas e não necessita de muitos investimentos no seu business, a empresa vem sendo uma ótima pagadora de dividendos ao longo do tempo, tendo um payout elevado, sem abrir mão do crescimento, como podemos ver abaixo.

WIZS3 resultados

Estimamos que a empresa continuará em sua trajetória de crescimento, e projetamos um yield superior a 6% para os próximos 12 meses para a Wiz Soluções, sendo assim, uma opção inteligente.

Empresas como estas se enquadram no perfil de empresas que buscamos em nossa carteira de dividendos.

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.
Comentários
Tags:

©2017 SUNO RESEARCH | Investimentos inteligentes

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account