tracking error
Por: Tiago Reis

Tracking error: conheça o rastreamento do retorno de portfólio

Existem métricas que são aplicadas ao portfólio de investimentos, como por exemplo: tracking error e benchmark. O termo benchmark é frequentemente utilizado no mercado financeiro, sendo que sua função consistirá em comparar o desempenho de índices e os investimentos.

A métrica do tracking error funcionará em conjunto com benchmark. Uma boa leitura na união das duas pode atrair os investidores para fundos, como também ajudar a identificar os riscos do portfólio.

O que é tracking error?

O tracking error é um métrica utiliza para calcular o desvio padrão entre o benchmark e o retorno do portfólio de investimentos. As diferenças entre o índice e o investimentos devem se aproximar de zero ou se igualar. O termo vem do inglês, e o significado de tracking error em português é “erro de rastreamento”.

Assim, o calculo dessa métrica serve para rastramento para o portfólio. Nesse sentido, a fórmula do tracking error calculará o desvio padrão do retorno. O resultado é dado pela fórmula:

tracking error

É preciso conhecer os dados do retornos do portfólio e do benchmark para realizar esse cálculo. Como também o período, para que as comparações sejam feitas através dessa fórmula.

A interpretação do tracking error é feita como a de qualquer outra estatística. O termo não é um conceito em si, mas a medida de dois conjuntos durante um determinado período. A palavra “error” induz o investidor a interpretar a fórmula literalmente, o que não é correto.

A busca não é por erros, mas por diferenças. Portanto, um erro de rastreamento é quando os dados de retorno do fundo e do portfólio irão se aproximar.

Quer aprender mais sobre investimentos em fundos? Baixe o e-book que ensina sobre essa modalidade.

Invista como Warren Buffett

Quais as causas de um tracking error ?

O erro de rastreamento serve para acompanhar os fundos e ETF – ativos que são negociados conforme o desempenho da Bolsa de Valores. A função dele é comparar desempenho do valor de patrimônio líquido dos fundos. Os erros podem ser definidos em dois:

  • Ex ante: se o cálculo é baseada em um modelo;
  • Ex post: se o cálculo é baseado em um histórico;

O ex ante e ex post são duas maneiras de utilizar a métrica, assim o cálculo não consistirá na fórmula universal somente. Portanto, a fórmula entre retorno do portfólio e retorno do benchmark possui modificações possíveis. Mas o conceito é o mesmo: rastrear o retorno do portfólio e subtraí-lo do retorno de referência.

Outra motivo para envolver o cálculo do tracking error, será para detectar as interferências dos gestores dos fundos. Isso porque grande parte dos erros de rastreamentos vem das despesas operacionais, além de também da volatilidade do mercado. A volatilidade dirá muito sobre o risco do ativo, pois é uma condição inevitável para os fundos.

Como os gestores são responsáveis pela compra e venda de ativo mobiliários, existirão custos com as operações, e os erros serão detectados pela fórmula. Por exemplo: um gerente com baixo índice de erros do rastreamento possuirá credibilidade e pode superar o desvio de referência mínimo. O mesmo vale para gerentes com índice alto de erros, ou seja não atrairá muitos investidores para seu fundo.

Eficiência dos gestores

A demonstração da eficiência do fundo replicado em índice é uma estratégia frequentemente utilizada no mercado financeiro. A replicação feita pelos gerentes do fundo deve obter a menor taxa de rastreamento. Com menores taxas de erros de rastreamento, maior a eficiência operacional do fundo. Por exemplo: um fundo com erros entre 20 e 50 pontos ao ano é tido como eficientes.

Assim, gerentes com erros abaixo de 20 pontos possuem um rastreamento negativo. Porém, estes gerentes sempre buscarão atingir o benchmark e serão classificados como gerentes passivos. Os gerentes ativos produzirão retornos com riscos ajustados ao índice padrão.

Por isso, demonstrarão retornos superiores ao benchmark, pois sua capacidade de gestão garante retornos acima da média. Um retorno acima da média é chamado de medida alfa.

5 amostras gratuitas para você conhecer a Suno!

Por fim, tracking error acima de 50 pontos, será um erro classificado como positivos intermitente. Um fundo com pontos acima da média é capaz de demonstrar um gerenciamento superior e as habilidades do seu gestor.

Foi possível entender mais sobre tracking error com a leitura do artigo? Deixe suas dúvidas nos comentários.

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

2 comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Luis 3 de dezembro de 2019

    Isto significa que quanto menor o tracking error pior é a administração deste fundo? E a unidade utilizada neste calculo é a %?

    Responder
    • Suno Research 3 de dezembro de 2019

      Não necessariamente, vale avaliar o caso a caso.
      Quanto menor o tracking error mais próximo do benchmark, o que pode ser para menos ou para mais.

      Responder
Leia Mais...
Outras Seções

Ações

207 artigos
Ações

FIIs

56 artigos
FIIs
Rectangle 315
Group 252

5 amostras para você conhecer melhor a Suno!

tablet 1
  • Suno Dividendos
  • Suno FIIs
  • Suno Insider Spy
  • Suno Radar FIIs
  • Suno Yellow Flag
revenue

eBook Gratuito

Manual do Investidor

Tudo o que você precisa para dar os primeiros passos na Bolsa de Valores

Group 285

NÃO VÁ EMBORA AINDA..

O portal que vai te ajudar a começar
a investir.

Todos os conteúdos gratuitos 
da Suno em um só lugar!