Quando se fala em especulação e operações de curtíssimo prazo na bolsa de valores, um método vem chamando muita atenção recentemente: o tape reading.

Mesmo com sua crescente popularidade entre os investidores atuais, o tape reading é uma prática muito mais antiga do que se imagina.

O que é Tape Reading?

O tape reading é um método de investimento onde o investidor se baseia na dinâmica das ofertas atuais e dos negócios previamente fechados para tomar suas decisões.

Também conhecido como Análise de Fluxo de Ordens, o seu objetivo é identificar de grandes movimentações nos mercados e estimar uma possível alteração nos preços. Dessa forma, o tape reader conseguiria se posicionar na mesma direção de uma tendência e se aproveitar dessa mudança. Logo, o resultado disso seria um lucro com a variação de alta ou de baixa do ativo.

Mas mesmo sendo um método altamente especulativo e arriscado, o tape reading tem ganhado muitos adeptos recentemente. Parte disso é devida a popularização de softwares e algoritmos, que fornecem milhares de informações sobre a negociação do mercado e facilitam a operação dos tape readers.

De onde vem o Tape Reading?

A tradução literal de rape reading é leitura de fita. A técnica remete ao tempos primórdios da bolsas de valores, onde todas as operações eram registradas com uma máquina de fitas, a Ticker Tape Machine. Logo, para analisar as operações do dia, os tape readers precisavam ler manualmente cada fita com a máxima atenção.

tape reading

Antiga fita com o registro de operações de um pregão da Bolsa de Valores.

Entretanto, com pregão eletrônico, a Ticker Tape Machine caiu em desuso. Porém, a técnica de tape reading continua a ser utilizada pelos especuladores e demais investidores de curto prazo. Mas atualmente, em vez de ler uma fita, os tape readers fazem suas análises em tempo real, diretamente do seu home broker.

Como funciona o tape reading?

O tape reading é baseado em três ferramentas fundamentais: o Book de Ofertas, o Histórico de Negociações e o Volume Profile.

Book de ofertas

O book de ofertas mostra as intenções de compra e venda de ações em um exato momento. Através dele, é possível visualizar o estado geral das ordens do mercado. Ou seja, informações como quais ordens estão esperando ser executadas, quem colocou as ordens e como são seus respectivos volumes.

Portanto, com o book de ofertas, os tape readers conseguiriam identificar uma provável concentração de compradores e vendedores em determinado horário.

Histórico de negócios

O histórico de negócios mostra quais operações foram fechadas em um período. Logo, ele informa as dados como preço de venda, tamanho do lote negociado, data e hora da operação, e a corretora que enviou a ordem. Dessa forma, o histórico de negócios mostraria como grandes investidores estão posicionados em um ativo.

Volume de profile

Também chamado de Volume at Price, o volume de profile mostra a concentração de operações em cada preço da ação. Sendo assim, o investidor poderia identificar pontos de rompimento e resistência. Dentro da lógica do tape reading, tal indicação seria útil para saber o melhor momento para se posicionar no ativo.

O tape Reading é um método de análise?

Por ter um caráter mais especulativo e focado na observação do mercado, muitos aproximam o tape reading da análise técnica. Entretanto, o tape reading não é considerado uma técnica de análise de investimentos.

Por não ter fundamentos objetivos, o tape reading é classificado como uma leitura de mercado. Isso ocorre porque as informações coletadas pelo método dependem fortemente da interpretação do investidor. Logo, as conclusões obtidas teriam um nível muito baixo de exatidão.

 

Compartilhe a sua opinião
Tiago Reis

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.