Acesso Rápido

    Skin in the game: o que é e qual importância desse conceito

    Skin in the game: o que é e qual importância desse conceito

    Para os investidores da renda variável, é importante o conhecimento do termo “skin in the game” é relativamente importante.

    Afinal de contas, o skin in the game é praticado por investidores, gestores e entre outros agentes do mercado financeiro que querem passar credibilidade e realidade nas suas ações.

    O que é skin in the game?

    Skin in the game, traduzido livremente como pele em jogo, é uma frase que se tornou popular no mundo dos investimentos, sendo inclusive utilizada por Warren Buffet. De certa forma, a expressão significa colocar em prática aquilo que se prega.

    Logo, colocar a pele em risco no mercado financeiro se refere a situações onde uma determinada pessoa toma ações condizentes com as coisas que ela vende, trabalha ou defende explicitamente.

    E-book: Invista como Warren Buffett

    Baixe gratuitamente o nosso ebook e aprenda os conceitos por trás da estratégia de Warren Buffett, o maior investidor de todos os tempos!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    O skin in the game pode acontecer em algumas situações distintas, por exemplo:

    • Um administrador de uma empresa que aplica seu capital próprio no negócio;
    • Gestor de um fundo de investimento que investe seus recursos em ações que recomenda para os seus clientes;
    • Investidor mostrando as ações que compra como forma de recomendação para outros investidores.

    Portanto, é possível perceber que ter skin in the game significa ir além das análises, ideias projeções e, de fato, tomar uma ação arriscando a própria pele.

    O livro Skin in The Game

    Além da importância dentro do mundo dos investimentos, o termo é bastante utilizado no meio do empreendedorismo.

    Foi através do livro “Skin in the game” do escritor Nassim Taleb, que o termo tornou-se conhecido entre os empresários e empreendedores.

    Afinal, o livro trata de questões extremamente importantes para desenvolvimento real de negócios.

    A frase “nunca confie em alguém que não arrisca a própria pele” representa muito bem os ensinamentos que são passados no livro.

    O autor defende que grandes líderes ao redor do mundo tomam decisões que impactam a vida de todos, mas que não colocam a sua própria pele em risco.

    Por isso, é mais confiável escutar as opiniões e recomendações daqueles que estão com envolvidos na prática com aquilo que falam, já que estes de fato sabem lidar com o risco.

    Importância de ter a pele em risco nos investimentos

    É evidente que um investidor, ao ouvir recomendações de alguém, espera que o indivíduo ao menos tenha colocado em prática aquela determinada ação.

    Afinal de contas, se a recomendação era tão boa, por que o mesmo não colocou-a em prática?

    Assim, fica claro que ter de colocar em prática o que fala é extremamente relevante, seja para gestores de fundos, investidores, consultores, assesores de investimento ou qualquer outro agente do mercado financeiro que deseja passar credibilidade aos demais.

    Alguns fundos de investimentos contribuem de forma extremamente relevante ao investidor, revelando periodicamente o quanto os gestores da carteira vêm investindo no próprio fundo.

    Isso pode ser um importante indicador para o investidor, que irá constatar o quanto aquele determinado gestor está colocando a sua própria pele em jogo

    Este artigo te ajudou a entender sobre Skin on the game? Deixe possíveis dúvidas e comentários no espaço abaixo.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    1 comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • Robsu 28 de agosto de 2020

      OPA, BÃO

      Responder