seguro prestamista

No mercado de seguros, sabemos que existe uma variedade muito grande de planos, dentre eles podemos destacar a modalidade de seguro prestamista.

O seguro prestamista existe com o objetivo de realizar a quitação total ou parcial do crédito contraído pelo segurado. No entanto, para que isso aconteça é necessário que esse esteja impossibilitado de continuar pagando o que deve.

Normalmente o segurado ficará livre de realizar o pagamento do empréstimo nos casos de morte, invalidez ou desemprego inesperado.

É importante entender que essa modalidade de seguros é fundamental para aqueles que não possuem patrimônio e que não querem se encontrar numa situação difícil caso aconteça um imprevisto.

Já para a instituição financeira que concede o crédito, a realização desse tipo de seguro é muito importante para garantir que não haverá inadimplência em determinadas situações.

Como funciona a modalidade de seguro prestamista

seguro prestamista

Como funciona a modalidade de seguro prestamista

Podemos dizer que o seguro prestamista deve ser sempre uma modalidade de seguro feita em grupo. Isso significa que um grupo de pessoas ao podem expostas a um determinado risco, porém esse risco não se concretizará com todas elas.

Desse modo, todas as pessoas que assinam esse tipo de contrato participam de uma espécie de fundo comum, onde indenizações serão pagas em casos de sinistros.

A seguir listaremos alguns dos tipos das modalidades de crédito que mais vêm acompanhadas desse tipo de seguro:

  • Cheque especial;
  • Consórcios;
  • Empréstimos junto a bancos;
  • Financiamento de bens;
  • Empréstimo consignado;
  • Cartão de crédito.

Além disso, outra importante diferença dessa modalidade de seguro é que o beneficiário nunca será o segurado, mas sim a instituição financeira eu concedeu o crédito.

Por exemplo, no momento da compra de um bem financiado muitas financeiras podem oferecer esse seguro como uma forma de garantia para a quitação de todas as parcelas.

É importante mencionar que essa modalidade de seguros ainda é muito pouco explorada no Brasil. No entanto ela vem crescendo rapidamente ao longo dos últimos anos.

O seguro prestamista é muito caro?

seguro prestamista

Como funciona a modalidade de seguro prestamista

Como mencionamos anteriormente, a modalidade de seguro prestamista é sempre feita em grupo.

Desse modo, é possível cobrar um preço muito mais barato pelo seguro individual por conta do risco estar diluído dentro de um grupo diversificado de segurados.

Então, de maneira geral, o preço desse seguro geralmente está relacionado a três fatores: custo do financiamento, prazo e idade do segurado.

Isso acontece porque o risco dos empréstimos mais caros e extensos é bem superior para a financeira do que aqueles que envolvem menos prazo e dinheiro.

O mesmo acontece no caso da idade do segurado, pois mutuários mais jovens normalmente correm menos riscos de sofrerem sinistros do que aqueles com idade mais avançada.

Então, de maneira geral, podemos dizer que o preço normalmente cobrado por esses seguros não são muito caros. Isso ocorre porque eles geralmente são diluídos nas prestações do financiamento, fato que deixa ainda mais atrativa essa opção.

Portanto, podemos destacar que a obtenção de um seguro prestamista pode ser uma importante atitude de proteção da estabilidade financeira de sua família. Então, caso o preço cobrado não seja expressivamente elevado, consideramos que vale a pena a contratação desse serviço.

Compartilhe a sua opinião
Tiago Reis

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.