Acesso Rápido

    Seguro habitacional: como funciona este custo no financiamento?

    Seguro habitacional: como funciona este custo no financiamento?

    O sonho da casa própria ainda mora no coração de muitos brasileiros. O que faz com que o número de financiamentos de imóveis, inclusive com seguro habitacional, seja considerável, ainda que pagar à vista possa oferecer muito mais vantagens.

    Os motivos para isto são muitos, desde um desconhecimento sobre como começar a investir até uma dificuldade de economizar para alcançar este objetivo. Dentro desta realidade, é importante entender se o seguro habitacional vale a pena.

    O que é o seguro habitacional?

    Seguro habitacional é uma apólice que visa oferecer garantias a ambas as partes em um contrato de financiamento imobiliário. Ele possui um custo fechado, que varia entre 1,5% e 4% do valor da parcela do imóvel, variando de acordo com o valor da casa ou apartamento que está sendo comprado, com a idade do comprador e o total a ser financiado.

    Seu pagamento é feito de forma parcelada, junto com os valores do financiamento, desde o primeiro dia do pagamento até o último. Este seguro cobre o valor integral do contrato de financiamento. A contratação é feita, em geral, na hora do financiamento, com a mesma instituição financeira.

    Planilha de Orçamento Familiar

    Como anda a organização das suas contas? Baixe gratuitamente nossa planilha de Orçamento Familiar e melhore o planejamento financeiro da sua família!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    O mais famoso deles é o oferecido pela Caixa, por ser o banco mais procurado na hora para financiamento imobiliário. Entretanto, há diversas opções no mercado, com um funcionamento similar.

    Para quê serve o seguro habitacional?

    O seguro habitacional acabou se popularizando pelas vantagens que oferece tanto para quem está entrando no financiamento quanto para quem o está concedendo.

    Para quem decidiu comprar o imóvel não apenas para si, mas também para sua família, a principal vantagem está na garantia que, em caso de morte ou invalidez permanente, os moradores tenham o direito de permanecer na casa ou apartamento.

    Além disso, este tipo de seguro garante o pagamento de uma indenização ao comprador se o imóvel sofrer algum dos danos cobertos pela apólice.

    Por isso, é importante ler atentamente o contrato antes de assiná-lo, para saber o que está coberto e o que não garante direito a este benefício.

    Outra vantagem está na ausência de carência para a maior parte dos casos. Fica fora da lista apenas a morte por suicídio que, para ter cobertura, precisa ter pelo menos dois anos após a assinatura do contrato, e os casos de morte ou invalidez permanente.

    Neste caso, a carência é de 12 meses, isso quando for preciso fazer alterações no contrato no tocante a renda familiar.

    Já para as instituições financeiras, a principal vantagem está na garantia de que a dívida gerada pelo financiamento será quitada caso o comprador morra ou não possa mais trabalhar.

    Tipos de seguro habitacional

    Existem dois tipos de seguro habitação, com importantes diferenças entre si. São elas:

    O SFH é o seguro do Sistema Financeiro da Habitação, sendo então obrigatório para aqueles que tiverem o imóvel financiado por meio do Sistema. Assim, suas regras são as mesmas para todas as seguradoras.

    Já o Seguro Habitacional em Apólices de mercado cobre os financiamentos feitos fora do Sistema Financeiro da Habitação. Assim, suas condições sofrem variações de acordo com a seguradora escolhida.

    Porém, todas devem seguir as normas criadas e fiscalizadas pela Susep (Superintendência de Seguros Privados). O que oferece maior segurança para o comprador.

    Foi possível saber mais sobre seguro habitacional? Deixe suas dúvidas nos comentários abaixo.

    Gabriela Mosmann
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *