scalpers

Atualmente é muito comum associar os day traders com pessoas que estão focadas em negociações baseadas em técnicas de análise gráfica, no entanto, a realidade não se limita somente a isso. Existe outra maneira de analisar o mercado se aproveitando das pequenas diferenças entre os preços das ações, e são nesses casos que os scalpers entram em cena.

O scalper analisa o book da ação, ou seja, o livro de ofertas e demanda e dali decide se operará comprado ou vendido no papel. (vou inserir o link em mais de uma palavra, no word está bugando)

Os scalpers são pessoas que negociam no mercado de ações ou opções e futuros que detém posições por um curto período de tempo, na tentativa de lucrar com o spread de oferta e demanda.

É comum que muitos leitores nunca tenham tido acesso aos books de oferta das ações. Pois ao analisar essas operações, será possível perceber que existem negociadores que compram ou vendem enormes lotes de ações, fazendo puxar para cima ou para baixo o preço das mesmas.

Aí é que entra o scalper trader, analisando esse book e determinando se existe alguma probabilidade de operar comprado, de forma a acompanhar a onda de subida dos preços.

De modo geral, esses negociadores têm que ter certa agilidade em suas operações, pois a janela de lucro se fecha em um curto espaço de tempo. Além disso, os custos de transações podem fazer com que os lucros sejam pequenos ou até inexistentes, como acontece em muitos dos casos.

  1. Fatores de risco do scalper
  2. Características de um scalper
  3. Um alternativa ao caminho da especulação
  4. Conclusão

Fatores de risco da estratégia scalper 

Riscos do scalperUm dos principais perigos ao se analisar books de ofertas é quando o operador identifica um movimento muito forte de compra, com muitos desses compradores oferecendo preços superiores para a determinada ação naquele momento.

Neste tipo de cenário, fica bastante claro que seria vantajoso para o operador entrar comprado no papel, mas a situação não é tão simples assim.

Existe uma possibilidade recorrente de que os compradores de repente ofereçam ofertas menores e comecem a concluir suas operações. Quando esse fato ocorre, pode ser que uma grande posição de venda esteja já engatada.

Dessa forma, os outros traders, não conseguem vender suas ações, até a grande posição ser vendida (pelo simples motivo dela ter sido lançada anteriormente à todas as outras).

Esse exemplo de blefe entre tantos outros, são muito comuns nos mercados especulativos, fazendo desse tipo de operação uma grande incógnita.

Scalpers competindo contra robôs

É preciso salientar que, de modo geral, esses especuladores estão competindo por spreads contra grandes bancos que geralmente operam com robôs.

Dessa forma, a execução de ordens deve ser feita numa velocidade tão rápida quanto essas poderosas máquinas são capazes de fazer.

Portanto, todo negociador que utiliza o book de negociação deve estar ciente de que muito provavelmente ele terá um spread muito curto e com oscilações bastante elevadas e inesperadas.

Scalper vs Swing trade

Muitas pessoas apresentam dúvidas sobre a diferença entre o scalper e o swing trade.

O swing trade se caracteriza por especuladores que buscam seguir uma tendência de curto prazo em uma ação. No entanto, ao contrário dos scalpers, os swing traders tipicamente realizam uma operação em mais de um dia ou até semanas.

Por isso muitos swing traders utilizam análise fundamentalista para complementar as suas operações.

Eles buscam, portanto, aliar o conhecimento de análise técnica, para analisar gráficos e as tendências, com o conhecimento de análise fundamentalista, que busca prever a tendência das ações para o longo prazo.

Ou seja, quem faz swing trade busca especular com ações que apresentam gatilhos de valorização no curto prazo. Pode ser, por exemplo, uma expectativa de anúncio de dividendo, ou uma expectativa por um resultado trimestral robusto.

Já os scalpers se limitam a analisar o book de ofertas das ações, para realizar em operações no máximo algumas horas. Quando analisam gráficos, os scalpers se limitam aos de curtíssimo espaço de tempo, como por exemplo os gráficos de 1 a 5 minutos.

O uso do stop loss

Muitos scalpers fazem o uso do stop loss para reduzir a magnitude de perdas nas operações.

Mas o que é o stop loss?

O stop loss define um valor de perda máxima para a operação.

Ao utilizá-lo o especulador define previamente o valor no qual ele irá sair da operação assumindo um prejuízo.

O stop loss é útil por não permitir que o especulador siga na operação, com a possibilidade de ter prejuízos muito maiores.

Ele também é importante para o aspecto mental do especulador. Isto ocorre pois muitas vezes o operador pode ficar na dúvida entre encerrar ou não a operação.

Esta dúvida pode prejudicar a tomada de decisão, fazendo com que o trader tenha grandes prejuízos.

Ao estabelecer no início da operação qual a sua perda máxima o investidor não precisa se preocupar quanto ao momento de encerrar a operação caso ela ocorra de modo errado.

Exemplo do uso de stop loss em operações scalper

Para que fique claro como funciona o mecanismo de stop loss e como ele é utilizado pelos scalpers convém apresentar um exemplo.

Suponha que um especulador tenha notado uma tendência de alta de curto prazo em uma ação e queira comprar esta ação para vender rapidamente. Assim, aproveitando a tendência de alta, ele poderá realizar um pequeno lucro.

Suponha que ação esteja sendo negociada a R$ 10. O especulador, então, compra a ação para vendê-la entre R$ 10,20 e R$ 10,50.

Os lucros neste tipo de operação, no geral, são muito pequenos.

Para se prevenir de uma eventual mudança na tendência do mercado, o que é muito comum, o operador pode estipular o seu stop loss em R$ 9,50. Limitando, assim, a sua perda máxima em até 5%.

O especulador pode determinar o stop loss inclusive no exato momento em que ele lança a ordem de compra.

O lado ruim de utilizar este mecanismo é que a ação pode cair abaixo de R$ 9,50, acionando portanto o stop loss e realizando a venda, e, no mesmo dia, voltar para o patamar acima de R$ 10.

Por conta desta imprevisibilidade do valor de curto prazo dos ativos é que a especulação não é muito recomendada para os investidores.

Importante salientar que, embora no curto prazo as ações caminhem de modo aleatório, no longo prazo elas seguem os fundamentos e os lucros das empresas.

Características de um scalper 

característica de um scalperComo foi visto, esta é uma operação que é arriscada por natureza. E não é recomendada para investidores de longo prazo.

É bastante raro que pessoas tenham sucesso de modo constante realizando este tipo de especulação.

No entanto, pode ajudar o trader se ele possuir as seguintes características:

  • Disciplina
  • Rápida toma de decisão
  • Facilidade de observar padrões

Disciplina

É necessária muita disciplina para um trader pois ele com certeza irá obter algumas perdas.

Mesmo os melhores traders do mundo admitem que as perdas fazem parte das operações.

Sendo assim, é necessário uma grande disciplina para não se deixar levar pelas perdas e seguir realizando as operações.

Aliada à disciplina, é recomendado que as pessoas que se voltem para este tipo de operação tenham um grande controle emocional.

Muitos especuladores de sucesso afirmam, inclusive, que o controle emocional pode ser mais importante do que o conhecimento técnico em alguns momentos.

Rápida tomada de decisão

Foi visto que esta operação ocorre em um curtíssimo prazo de tempo.

Muitas vezes em questão de segundos o especulador deve tomar a decisão entre comprar ou vender um ativo.

Se a pessoa não for capaz de tomar decisões rapidamente ela fatalmente irá incorrer em erros neste de operação.

A pressão se torna muito grande, levando em conta que há recursos monetários envolvidos.

Até por isso que a especulação não é uma prática recomendada para os investidores comuns.

Facilidade para identificar padrões

Praticar a especulação é uma habilidade que se resume a identificar padrões e aproveitar deles para obter lucro.

Dessa forma, é crucial que o scalper tenha muita facilidade em identificar padrões de operações.

No entanto, esta não é uma tarefa fácil. Pois, como foi mostrado anteriormente, muitas vezes as operações não ocorrem da maneira esperada, e o padrão acaba não se concretizando.

Isto ocorre pois há muitos blefes nas operações de curto prazo de investimento. Assim, mesmo para os traders mais experientes, é bastante difícil distinguir os blefes das operações propriamente ditas.

Fatores que afetam as operações scalpers

Existem alguns fatores que afetam as tomadas de decisão nas operações scalpers.

Entre os principais é possível citar:

Volatilidade

Os traders tendem a apreciar bastante a volatilidade, pois é a partir dela que surgem as oportunidades.

A volatilidade pode, no entanto, trair os especuladores, caso a operação vá para uma direção contrária à esperada.

Liquidez

Tipicamente os scalpers operam em ativos com baixa liquidez. Isto ocorre pois esta baixa liquidez gera um maior spread entre as ofertar de compra e venda.

Possibilitando, assim, um maior lucro para o especulador.

Risco

As operações scalpers buscam minimizar o risco através do uso de um stop loss muito próximo ao ponto de entrada na operação.

Como o lucro nesta especulação é muito pequeno, os operadores buscam manter os prejuízos também baixos.

Caso contrário, os prejuízos compensariam de imediato várias operações lucrativas.

Uma alternativa ao caminho da especulação

alternativa à especulaçãoForam elencadas aqui diversas críticas ao processo especulativo. Mostrando como o mesmo não é o ideal para um investidor de longo prazo.

Mas então qual seria um melhor caminho para o investidor de longo prazo?

Na Suno Research se acredita que o investimento em ações com bons fundamentos é o melhor caminho para o investidor sensato.

Este investidor deve focar na montagem de uma carteira previdenciária, alocando os seus recursos em empresas sólidas e com histórico de geração de valor aos seus acionistas.

Ao adotar esta postura o investidor não precisa se preocupar com o movimento de curto prazo do mercado, que pode ser bastante irracional. A maioria das pessoas que buscam entender o mercado no curto prazo acabam frustradas, pois percebem que há pouquíssima racionalidade em um curto espaço de tempo.

No entanto, no longo prazo, o que ocorre é que os valores das ações seguem os lucros das empresas.

Portanto, o investidor inteligente, que saiba escolher as ações lucrativas, estará sem dúvida no caminho certo para atingir a sua independência financeira.

O investidor de longo prazo pode, inclusive, tirar proveito de irracionalidade de curto prazo do mercado.

Isto ocorre através das compras nos momentos de desespero do mercado.

Enquanto todos estão nervosos desfazendo as suas posições, os investidores de longo prazo estão comprando as ações a preço de barganha.

A filosofia da Suno Research é baseada nas ideias dos maiores investidores do Brasil e no mundo.

Nos EUA o investidor mais rico do mundo, Warren Buffett, é o principal expoente desta estratégia.

No Brasil, Luiz Barsi, um dos maiores bilionários da bolsa de valores, é um grande adepto da filosofia de investimentos de longo prazo.

Luiz Barsi, inclusive, é o mentor intelectual da Suno Research. No vídeo abaixo ele explica como é possível ter sucesso investindo

Esta filosofia de investimentos não está restrita apenas aos investidores de sucesso.

O fato é que qualquer um pode acumular riqueza na bolsa de valores, não sendo necessário muitos recursos para iniciar.

Você ainda pode contar com a ajuda da Suno Research em sua jornada rumo à independência financeira.

Através da assinatura premium você terá acesso às carteiras recomendadas de ações e fundos imobiliários que seguem um rigoroso filtro de análise fundamentalista.

Conclusão sobre scalpers

conclusão sobre scalperToda operação especulativa gera uma elevada incerteza e agrega potenciais riscos se as mesmas utilizarem uma conta margem. A Suno Research não recomenda nenhum tipo de operação desse tipo, pelo simples fato delas não oferecerem a devida margem de segurança para o patrimônio dos nossos assinantes.

Então, com os scalpers não funciona de forma diferente, pois será necessário realizar inúmeras operações num curto período de tempo, para conseguir alguma possibilidade de lucro, porém com elevada probabilidade de prejuízo, devido os custos envolvidos na transação.

Compartilhe a sua opinião
Tiago Reis

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.