saldo devedor
Por: Gabriela Mosmann

Saldo devedor: o que significa esse valor e como calculá-lo?

Calcular o saldo devedor de uma dívida é um processo desconhecido para muitas pessoas. Frequentemente, o devedor não sabe muito bem ao certo quanto deve no valor presente de um empréstimo. É comum as pessoas se basearem apenas nas prestações esquecendo o valor total da dívida.

Por isso, saber calcular o saldo devedor é fundamental para evitar a contração de muitas dívidas e de uma alavancagem financeira muito alta.

O que é o saldo devedor?

Saldo devedor é o saldo total de uma dívida adquirida somado os seus respectivos juros. Dessa maneira, entendemos que quando atraímos um bem financiado como uma casa ou um carro estamos atraindo também uma dívida.

Sendo assim, ao ir pagando as prestações essa dívida vai diminuindo o que consiste dizer que o saldo devedor de financiamento também vai diminuindo. Aí surge uma dúvida, como calcular o saldo da dívida?

Controle de gastos

Por mais que pareça algo simples, existem diferentes métodos para calcular o saldo devedor. Isso porque existem quatro modalidades distintas de financiamento, sendo elas:

  • Sistema Price;
  • Sistema SAC;
  • Sistema Americano e Sistema de Pagamento Único.

Desse modo, para cada um desses sistemas há uma maneira diferente de se calcular o saldo bem como a amortização da dívida. Vamos então entender cada um deles.

Calculando o saldo devedor no Sistema Price

Esse sistema tem como principal característica o valor constante das parcelas. Ou seja, elas não sofrem alteração, não crescem nem decrescem. Nesse sistema o nível de amortização aumenta exponencialmente mês a mês, ou seja, o valor da dívida demora mais para cair.

A composição das primeiras parcelas acarretam maior pagamento de juros e menor pagamento de saldo da dívida. Ou seja, as últimas parcelas praticamente possuem muito pouco juros e bastante saldo de dívida.

Minicurso: Contabilidade para Investidores

Inscreva-se no nosso minicurso gratuito e aprenda os principais conceitos de contabilidade para quem quer investir em empresas na Bolsa de Valores!

Calculando o saldo devedor no Sistema SAC

No sistema SAC, diferente do sistema Price as parcelas começam mais altas e vão caindo no decorrer do tempo. Nesse sistema a amortização é constante, ou seja a amortização das parcelas é sempre igual, sendo assim o montante da dívida cai mais rápido.

Esse é um bom sistema para pessoas que não possuem perspectiva de aumento de ganhos no longo prazo. Com o aumento da inflação baseada no IPCA, o poder de compra do salário acaba sendo corroído e o decrescimento das parcelas acaba compensando a inflação.

Saldo devedor no Sistema Americano e Pagamento Único

O sistema Americano é pouco utilizado no Brasil e consiste em pagamentos mensais dos juros. Nesse sentido, não há amortização do saldo no decorrer das parcelas. Sendo assim o pagamento da dívida é feito uma única vez ao final do contrato.

Na modalidade Pagamento Único, o saldo sofre a incidência de juros e é pago também uma única vez. Todavia, não há o pagamento mensal dos juros, sendo estes pagos junto com o saldo ao final do contrato.

Como calcular o saldo devedor?

Como vimos, para cada tipo de sistema o cálculo do saldo é diferente. Por essa razão para cada modalidade há um método diferente para encontrar o saldo devedor de empréstimo.

Como o sistema americano e o sistema de pagamento único são muito pouco utilizados no Brasil, vamos calcular o saldo nos sistemas Price e SAC.

Orçamento familiar

Calculando no sistema Price

No sistema Price o saldo é a divisão da dívida com a incidência mensal de juros sobre o montante devido. Vamos imaginar um financiamento de R$ 20.000,00. Imagine que neste financiamento os juros acordados foram de 4% ao mês que serão pagos em 8 meses. Primeiramente, é preciso encontrar o valor da parcela antes de encontrar o saldo devedor.

Nesse exemplo chegamos ao valor da parcela de R$ 2.970,56. Agora basta apenas criar uma planilha em Excel para encontrar o saldo da dívida, entendendo sempre que nesse exemplo os juros incidem sobre ele.

Note que inicialmente temos um saldo devedor de R$ 20 mil. 4% sobre R$ 20 mil dá um juros de R$ 800,00. Logo a primeira parcela carrega R$ 800,00 de juros e R$ 2.170,56 de amortização do capital, sobrando um saldo de R$ 17.829,44.

Calculando no sistema SAC

No sistema SAC o cálculo do saldo é diferente. Nesse modelo como a amortização é constante, os juros incidem sobre o valor da parcela e não sobre o saldo. Sendo assim, vamos imaginar um montante de R$ 120 mil pagos em 10 parcelas a uma taxa de juros de 5% ao mês.

Note que nesse exemplo primeiramente dividimos o saldo devedor igualmente e acrescentamos os juros sobre a parcela. Logo, se pagamos a primeira parcela de R$ 12 mil, o saldo da dívida será R$ 108 mil. E assim por diante.

Gostou de conhecer o cálculo do saldo devedor? Deixe sua opinião e sugestões e nos ajude a difundir o conhecimento.

Telegram Suno
Gabriela Mosmann

Gabriela Mosmann é analista de investimentos na Suno Research. É economista, mestre e doutoranda em Finanças pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Possui também certificação CNPI.

Nenhum comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Mais...
Outras Seções

Ações

207 artigos
Ações

FIIs

58 artigos
FIIs
profit (1)

Planilha Gratuito

Controle
SUAS
FINANçAS

Uma planilha 100% Gratuita para ajudar você a organizar as suas finanças!

Group 285

NÃO VÁ EMBORA AINDA..

O portal que vai te ajudar a começar
a investir.

Todos os conteúdos gratuitos 
da Suno em um só lugar!