Acesso Rápido

    Resumo da Semana: Stone adquire a Linx por R$ 6,7 bilhões, PetroRio compra participações em dois campos no pré-sal, Coronavac induz resposta imune em 97% dos casos, aponta The Lancet e Ânima Educação anuncia compra de startup.

    Resumo da Semana: Stone adquire a Linx por R$ 6,7 bilhões, PetroRio compra participações em dois campos no pré-sal, Coronavac induz resposta imune em 97% dos casos, aponta The Lancet e Ânima Educação anuncia compra de startup.
    Aplicação da teoria no mundo dos negócios

    O índice Ibovespa encerrou a última semana registrando 106.042,48 pontos, o que representou, na última sexta-feira (20), uma variação negativa de -0,59%. Na semana, o principal índice de ações negociadas na bolsa de valores brasileira teve uma valorização de aproximadamente 1,26%. Em 2020, o índice segue negativo, com uma baixa expressiva de -8,39% até o momento.

    Já o Ifix – o índice de referência dos Fundos de Investimentos Imobiliários – encerrou a última sexta-feira (20) aos 2.796,04 pontos, o que representou uma alta de +0,04% no dia. Na mesma semana e no acumulado de 2020, o índice performou: -0,26% e -12,55%, respectivamente.

    Stone adquire Linx por R$ 6,7 bilhões

    Os acionistas da Linx aprovaram, durante a Assembleia Geral Extraordinária, a venda da empresa para a Stone, pelo valor de aproximadamente R$ 6,7 bilhões.

    • Na assembleia de acionistas, foram computados 55,95% votos a favor da proposta da Stone, 20,01% contra e 3,79% abstenções.
    • O presidente da Stone, Thiago Piau, afirmou que a aquisição aproxima negócios complementares e permite a oferta de gestão integrada entre tecnologia e serviços financeiros.
    • A aquisição ainda depende do sinal verde do Conselho de Administrativo de Defesa Econômica (CADE) para a sua completa efetivação.

    PetroRio compra participações em dois campos no pré-sal

    A PetroRio assinou um contrato com a BP Energy do Brasil para a aquisição das participações de 35,7% no Bloco BM-C-30, conhecido como Campo de Wahoo, e de 60% no Bloco BM-C-32, chamado de Campo de Itaipu.

    • O valor da operação soma US$ 100 milhões, divididos em cinco pagamentos de US$ 17,5 milhões entre a assinatura e a conclusão da transação, desde que todas as condições do contrato estejam satisfeitas.
    •  Além disso, prevê o pagamento de US$ 15 milhões em dezembro de 2021, com o remanescente a ser pago em 2022. Existe ainda um earn-out de US$ 40 milhões contingente na unitização de Itaipu.
    • O Campo de Wahoo tem potencial para produzir mais de 140 milhões de barris de óleo leve (100% do campo) e está situado a 30-35km ao norte do campo de Frade.
    • Devido à curta distância entre o campo de Wahoo e o campo de Frade, a PetroRio planeja interligá-los, buscando capturar diversas sinergias operacionais para atingir um menor custo de extração de petróleo.

    E-book: Investindo em Dividendos

    Baixe gratuitamente o nosso ebook e descubra como viver de renda investindo em empresas pagadores de dividendos!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Coronavac induz resposta imune em 97% dos casos, aponta The Lancet

    A Coronavac, vacina desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac, que possui parceria com o Instituto Butatan, é segura e consegue produzir uma resposta imune do organismo contra o novo coronavírus (covid-19), segundo a revista científica “The Lancet”.

    • Embora a Coronavac já esteja sendo testada na fase 03, que inclui um estudo com maior número de pacientes, os ensaios analisados pelos cientistas foram da fase 01 e 02, nos meses de abril e maio, com 744 voluntários saudáveis de 18 a 59 anos sem histórico de infecção pelo vírus.
    • A vacina induziu à produção de anticorpos neutralizantes, cuja a função é impedir a entrada da covid-19 nas células.
    • Portanto, a conclusão da análise é que a vacina pode ser eficaz em impedir a infecção, e não apenas o desenvolvimento da doença.

    Ânima Educação anuncia compra de startup

    A Ânima Educação anunciou a aquisição da startup MedRoom, empresa de desenvolvimento de soluções em tecnologias imersivas para educação médica.

    • A startup tem o objetivo de construir objetos educacionais e ambientes de simulação em realidade virtual (RV) e realidade aumentada (RA).
    • A aquisição, de acordo com o documento divulgado, traz a Ânima o portfólio de soluções educacionais e a capacidade de construção de ambiente de simulação realísticas em RV e RA.
    • O valor da transação não foi informado.