Resumo da Semana

Resumo da semana: Economia voltando a crescer e volatilidade ainda em alta na atual conjuntura político-econômica

By 20 de outubro de 2018 No Comments

O Ibovespa encerrou o dia de ontem (19) registrando 84.220 pontos, o que representou, no dia, uma variação positiva de +0,44%. Na semana e no acumulado do ano de 2018, a variação é também positiva, de +1,57% e 10,23%, respectivamente.

Já o Ifix – índice que diz respeito aos Fundos Imobiliários – apresentou uma variação também positiva no dia de ontem, porém de +0,17%. No acumulado da semana, a sua variação foi de +0,74%. Em 2018, no entanto, o indicador ainda apresenta uma queda, na amplitude de -1,54%.

Dentre os principais acontecimentos da semana, merece destaque a divulgação feita pelo Banco Central (BC) na quarta-feira (17) de que a economia brasileira voltou a crescer em 2018. Segundo o BC, a economia cresceu 0,47% no mês de agosto, alcançando maior índice desde 2015. O índice de atividade calculado pelo BC passou de 193,03 para 139,68, maior valor apresentado com ajuste desde junho de 2015, quando a pontuação chegou a 139,95.

Outra informação relevante se fez através da notícia disponibilizada ontem pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) de que o Índice Geral de Preços-Mercado, usado no reajuste de contratos de aluguel, subiu 0,97% no segundo decêndio de outubro, percentual inferior a alta de 1,34% registrada em setembro. Com essa medição feita este mês, a inflação acumulada em 12 meses chega a 10,88%. De acordo com a FGV, a queda da taxa de setembro para outubro foi puxada pelos preços no atacado.

Já que o Índice de Preços ao Produtor Amplo caiu de 1,95% para 1,24% na passagem entre os meses. Paralemente, o Índice de Preços ao Consumidor, que mede o varejo, subiu de 0,16% na prévia de setembro para 0,48% em outubro. Por fim, foi informado também que o Índice Nacional de Custo da Construção subiu de 0,19% para 0,36%.

Já no âmbito eleitoral, a expectativa segue em torno da corrida eleitoral para o segundo turno das eleições presidenciais. Segundo a pesquisa encomendada pela XP Investimentos ao Ipespe e divulgada no dia de ontem (19), Jair Bolsonaro (PSL) teria 58% dos votos válidos contra 42% de Fernando Haddad (PT). Ambos oscilaram dentro da margem de erro em relação ao levantamento da última semana. Considerando todos os votos, Bolsonaro aparece com 51% ante os 37% do candidato PT, Fernando Haddad.

Sabemos que a expectativa eleitoral se traduz em cenários de volatilidade no mercado e, por conta disso, visualizamos nesse momento muitos ativos que se encontram em nossas carteiras de recomendações sendo negociados a preços que apresentam margens de segurança bastante satisfatórias.

Possivelmente nas próximas semanas essa atmosfera de alta volatilidade possa se intensificar, muito por conta do início das divulgações dos resultados referentes ao terceiro trimestre do ano das companhias abertas, que têm previsão de serem iniciados a partir da próxima segunda feira (22) e se estender até meados do mês de novembro.

Seguiremos atentos a tal conjuntura, sempre no intuito de buscar proporcionar a nossos assinantes aquelas que julgamos serem as melhores alternativas de investimentos para uma carteira previdenciária com foco no longo prazo.

Compartilhe a sua opinião
Suno Research

Suno Research

A Suno Research é uma casa de analise independente focada em ajudar o pequeno e médio investidor individual a ter sucesso com estratégias de longo prazo focadas em valor.