Acesso Rápido

    Resumo da Semana: Corte na produção de petróleo, recorde de pedidos de seguro-desemprego nos EUA, Orçamento de Guerra e Governo de SP proíbe corte no fornecimento de água.

    O índice Ibovespa encerrou a última semana registrando 69.537 pontos, o que representou, na última sexta-feira (03), uma variação negativa de 3,76%. Na semana, o principal índice de ações negociadas na bolsa de valores brasileira teve uma desvalorização de cerca de 6%. Em 2020, o índice segue negativo, com uma baixa expressiva de aproximadamente 40% até o momento.

    Já o Ifix – o índice de referência dos Fundos de Investimentos Imobiliários – encerrou a última sexta-feira (03) aos 2.417 pontos, o que representou uma baixa de 1,14% no dia. Na mesma semana e no acumulado de 2020, o índice performou: -2,15% e -25%, respectivamente.

    Trump diz que Arábia Saudita e Rússia cortarão produção.

    O presidente dos Estados Unidos afirmou, nesta quinta-feira, que espera que os dois maiores produtores de petróleo cortem sua produção. Segundo ele, a expectativa é de uma redução na ordem de 10 milhões de barris por dia.

    • Trump escreveu em sua conta pessoa do Twitter que conversou com o príncipe saudita Mohammed bin Salman acerca da guerra de preços do petróleo. O herdeiro da Arábia Saudita, por sua vez, conversou com Vladmir Putin;
    • Logo após a fala do mandatário estadunidense, o mercado futuro do barril de petróleo Brent subiu mais de 47%, sendo negociado a US$ 26,29;
    • Uma reunião de emergência com a Organização dos Países Exportadores de Petróleo, OPEP, foi convocada para discutir a crise atual;
    • Após as fracassadas negociações entre os países da OPEP acerca de um possível corte na produção diária de petróleo, a cotação do Brent chegou a apresentar uma queda diária do mesmo patamar que durante a Guerra do Golfo, de 31%;
    • Essa guerra de preços somada à baixa demanda pela commodity causada principalmente pelas políticas de isolamento social pressionam muito a indústria.

    Pedidos de seguro-desemprego nos EUA passam de 6 milhões.

    Os pedidos de seguro-desemprego dos EUA bateram mais um recorde na semana encerrada no dia 28 de março. De acordo com a divulgação do Departamento do Trabalho norte-americano, foram realizados 6,64 milhões de pedidos ao governo.

    • As medidas de contenção do covid-19 fazem com quer cerca de 80% da população estadunidense esteja sob algum tipo de bloqueio à circulação, impactando seriamente a economia;
    • Os números divulgados superaram em quase o dobro a estimativa dos especialistas ouvidos pelo jornal “The Wall Street Journal”, que era de aproximadamente 3,1 milhões de pedidos;
    • Na divulgação da última semana, já haviam sido realizados outros 3,2 milhões;
    • Para se ter noção da magnitude dos números, antes disso, uma quantidade de pedidos similarmente tão alta foi registrada em outubro de 1982, com cerca de 695 mil pedidos.
    • Ou seja, os números reportados nesta quinta-feira é cerca de 800% maior ao recorde de 1982.

    Guia do Imposto de Renda para Investidores

    Baixe gratuitamente o nosso guia e aprenda como declarar o Imposto de Renda dos seus investimentos de forma simples e prática!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Câmara aprova PEC do orçamento de guerra.

    A Câmara dos Deputados votou e aprovou na última sexta-feira a Proposta de Emenda à Constituição, que cria um orçamento paralelo que será destinado ao combate do covid-19.

    • Foram 423 votos a favor e apenas 1 voto contrário. Para evitar aglomerações, a reunião foi realizada através de uma videoconferência;
    • Além de prover suporte para o custeio das medidas de combate ao coronavírus, a PEC concede poderes extraordinários para o Banco Central atuar na crise econômica;
    • A autoridade monetária terá autorização para comprar e vender títulos do Tesouro e o direito creditório de títulos privados de crédito em mercados secundários;

    São Paulo proíbe temporariamente corte no fornecimento de água.

    Foi publicado um decreto que isenta os usuários que integram as categorias residencial social e residencial favela do pagamento das contas de água. A medida foi publicada neste sábado (4) e foi motivada pela atual crise do covid-19.

    • A Sabesp não poderá cortar o fornecimento de água para os usuários citados durante os meses de abril, maio e junho deste ano;
    • Além disso, João Dória, governador do Estado de SP, anunciou um acordo com as concessionárias de energia para que não haja cobrança de luz e nem corte desse serviço para os consumidores com menor renda;
    • As ações da Sabesp acumulam uma queda de cerca de 50% desde seu ponto máximo nos últimos anos.