Acesso Rápido

    RESUMO DA SEMANA: Biotoscana à venda, Brasil na OCDE, Acordo parcial sobre a guerra comercial e Intensificação das negociações entre UE e Reino Unido

    O índice Ibovespa encerrou a última semana registrando 103.831 pontos, o que representou, na última sexta-feira (11), uma variação positiva de +1,98%. Na semana, a valorização do principal índice das ações negociadas na bolsa de valores brasileira foi de +1,22%. Em 2019, o índice segue positivo, com alta relevante desde os primeiros meses do ano. Até o momento, o Ibovespa apresenta uma valorização de +18,14%.

    Já o Ifix – o índice de referência dos Fundos de Investimentos Imobiliários – segue ainda se provando como uma excelente alternativa de entrada no mercado de renda variável para os investidores iniciantes, dada a sua baixa volatilidade histórica. Na última sexta-feira, por exemplo, o índice encerrou o dia aos 2.696 pontos, o que representou uma valorização de +0,28% no dia. No acumulado de 2019, a variação do índice segue em +14,67%.

    Eurofarma e Knight Therapeutics travam disputa pela Biotoscana.

    Segundo o Brazil Journal, ambas as empresas apresentaram propostas pelo controle da Biotoscana, gerida pela Essex e Advent.

    • Segundo fontes próximas ao assunto, a Eurofarma estaria mais perto de um acordo;
    • As ações da Biotoscana, desde seu IPO, desvalorizaram fortemente devido aos fracos resultados reportados, perda de importantes licenças de medicamentos e a desvalorização cambial da Argentina;
    • Com a perda de valor, a companhia se tornou interessante para os fortes grupos farmacêuticos que desejam expandir suas operações através de aquisições;
    • Com os rumores, as ações da GBIO33 subiram mais de 20% na semana.

    Embaixada dos EUA reitera apoio ao ingresso do Brasil na OCDE.

    A Embaixada dos EUA no Brasil informou nesta quinta-feira (10) que apoia a entrada do Brasil na Organização Para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico.

    • A informação foi divulgada no mesmo dia em que se tornou pública a preferência do governo dos EUA para o ingresso da Argentina na OCDE;
    • Na nota divulgada pela embaixada americana, nenhuma data específica é citada para que o Brasil seja incluído na organização internacional;
    • Donald Trump reforçou o seu apoio ao Brasil. Em sua conta pessoal do Twitter, o presidente americano escreveu que a declaração conjunta, assinada por ele e Jair Bolsonaro, continua vigente;
    • Trump também afirmou que as notícias dizendo que o governo estadunidense teria desistido de apoiar a candidatura brasileira para adentrar na OCDE são fake news.

    EUA e China chegam a acordo parcial sobre guerra comercial.

    As duas maiores economias do mundo chegaram a um acordo parcial no que diz respeito a guerra comercial.

    • No acordo, a China teria aceitado concessões agrícolas para os produtores norte-americanos. Em troca, os EUA amenizariam as altas tarifas alfandegárias previstas para ocorrer na próxima semana;
    • O acordo entre ambos é apenas provisório, e está sujeito a alterações;
    • O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, mostrou-se otimista sobre as negociações. Segundo ele, as duas partes tiveram “dois dias produtivos de discussão”;
    • Na última semana, China e EUA demostraram intenção de reduzir a intensidade do confronto. Donald Trump chegou a publicar em seu Twitter mensagens salientando a vontade de chegar a um acordo com a China.

    União Europeia informa que intensificará negociações com Reino Unido.

    A UE informou nesta sexta-feira (11) que intensificará as negociações com o Reino Unido, com o objetivo de conseguir um acordo para que o Brexit ocorra dentro do prazo, no dia 31 de outubro.

    • O negociador da União Europeia, Michael Barnier, confirmou a informação, e afirmou que conseguiu ter uma reunião construtiva com o secretário de Estado do Reino Unido, Stephen Barclay, nesta sexta, em Bruxelas;
    • O negociador da UE também conversou com os líderes de todos os países que constituem o bloco europeu;
    • O primeiro ministro do Reino Unido, Boris Johnson, por sua vez, afirmou que “ainda há um caminho a percorrer antes de um acordo”;
    • Na próxima semana será realizada uma cúpula entre líderes europeus. Esta é vista como uma das últimas oportunidades para alcançar um acordo.