responsabilidade social
Por: Tiago Reis

O que é responsabilidade social e qual sua influencia em empresas

Responsabilidade social é um tema que surge com frequência em discussões sobre a importância de investir em um mundo melhor. Esse tipo de debate tem ganhado espaço tanto em setores da sociedade civil como em governos e no mercado financeiro.

E, ainda que a responsabilidade social demande investimentos financeiros, o seu poder de retorno é imenso, inclusive através de melhorias na imagem das empresas.

O que é responsabilidade social?

Responsabilidade social é tudo aquilo que uma instituição pode fazer em prol da sociedade, com o objetivo de corrigir mazelas já existentes e melhorar a qualidade de vida das pessoas menos favorecidas.

A adoção de programas de responsabilidade por parte das empresas é voluntária e, geralmente, não envolve incentivos fiscais.

E-book Comece a Investir na Bolsa

Porém, a implantação deste tipo de programa, além de gerar uma série de benefícios sociais, pode ser utilizada como propaganda positiva para o negócio. O que tem reflexos positivos na forma como os consumidores enxergam a empresa. Mas isso ocorre desde que estas ações sejam condizentes com os discursos e posturas adotados pela companhia.

Existem iniciativas do mercado financeiro que são sensíveis à postura social das empresas. Um exemplo disso é o Índice de Sustentabilidade Empresarial que analisa companhias listadas na Bolsa de Valores de São Paulo (B3).

Tipos de responsabilidade social

Existem alguns tipos de responsabilidade social específicos. São eles:

  • Empresarial;
  • Social corporativa;
  • Socioambiental;
  • Social individual.

A responsabilidade social empresarial é o conjunto de práticas adotadas pela empresa para melhorar a comunidade ou o ambiente ao seu redor.

Por meio dela, é possível desenvolver uma série de ações, que tenham como intuito inspirar ou capacitar pessoas afetadas pela desigualdade. Desta forma, novas oportunidades são criadas para públicos que necessitam de ajuda.

Já a responsabilidade social corporativa prega que a empresa assegure que as suas ações não terão um impacto negativo na vida de seus funcionários ou colaboradores. Não se trata de uma prestação de serviços assistenciais, mas sim de uma gestão mais humana, que enxergue pessoas em vez de apenas números.

Isso inclui, por exemplo, a criação de creches onde pais e mães possam deixar seus filhos durante o expediente. Ou ainda a ampliação das licenças maternidade e paternidade.

Quer aprender a gerenciar melhor os gastos da sua família? Baixe a planilha do orçamento familiar e tenha em mãos uma importante ferramenta.

10 livros que todo investidor deveria ler

A responsabilidade socioambiental está atrelada ao conceito de sustentabilidade. Ela demanda que as ações da empresa não prejudiquem o meio ambiente. Existem até alguns certificados de gestão ambiental, como a ISO 14000.

A responsabilidade social individual, por sua vez, é composta pelo conjunto de ações solidárias ou engajadas que um indivíduo pode adotar. Isto inclui boas práticas ambientais, assistenciais ou ainda trabalho voluntário em Organizações Não Governamentais sem fins lucrativos.

Exemplos de ações

Alguns exemplos de responsabilidade social são a doação de materiais ou de mão de obra voluntária. Elas podem ser feitas para entidades do Terceiro Setor que necessitem deles. Assim, a empresa pode doar parte do que produz ou oferecer os seus serviços sem cobrar por isso.

Uma indústria têxtil pode oferecer roupas a abrigos ou orfanatos. Uma empresa de limpeza pode prestar este serviço uma vez por semana sem cobrar nada por isso. Há ainda a possibilidade de destinação direta de recursos financeiros para projetos sociais.

Importância de ações sociais

A possibilidade de adotar ou criar de programas deste tipo é possível  para todas as organizações, sejam elas de grande, médio ou pequeno porte.

Independentemente do seu porte, empresas com responsabilidade social conseguem alcançar um número muito maior de pessoas do que um único indivíduo conseguiria. Afinal, sua esfera de influência é mais ampla, bem como seu capital. Assim, seu poder de mudança em situações de grave desigualdade é grande e necessário.

Foi possível aprender mais sobre responsabilidade social? Deixe suas dúvidas nos comentários.

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

1 comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Coletivo Motirõ 29 de março de 2020

    Explicação pratica e objetiva!

    Somos uma instituição que atua nas escolas publicas em bairros carentes de Brasília-DF, estamos preparando um curso para formação de lideres sociais, para abraçarmos mais escolas, a Responsabilidade Social será uma das matérias do curso. Seria um privilegio a nós se o Tiago pudesse ministrar essa aula/vídeo. Nossos trabalhos estão em nosso instagram @coletivomotiro, qualquer coisa só chamar lá.

    Abraço.

    Flávio Almeida
    diretor administrativo

    Responder
Leia Mais...
Outras Seções

Ações

208 artigos
Ações

FIIs

58 artigos
FIIs
kisspng-warren-buffett-business-stock-nebraska-sales-warren-buffett-5b5ea4d6586671.9006389715329292383621

eBook Gratuito

Invista Como
Warren Buffett

Aprenda a usar a estratégia do Value Investing, usada pelo maior investidor do mundo!

Group 285

NÃO VÁ EMBORA AINDA..

O portal que vai te ajudar a começar
a investir.

Todos os conteúdos gratuitos 
da Suno em um só lugar!