Radar

Radar do Mercado: Unipar (UNIP6) – saída da Estáter é positivo

By 3 de novembro de 2017 No Comments

A Unipar Carbocloro informou ao mercado, no último dia 01 – quarta-feira – que, na mesma data, foi encerrado o Acordo de Gestão, firmado entre a Vila Velha Administração e Participações e a Estáter Assessoria Financeira.

Neste sentido, ainda na quarta-feira, o usufruto instituído pela Vila Velha em favor da Estáter, sobre 51% das ações ordinárias da Unipar, foi cancelado nos livros companhia, e o Acordo de Acionistas da Unipar, celebrado em 21/08/2016 e arquivado na sua sede, foi extinto.

A companhia informou, ainda, que recebeu, no mesmo dia, as cartas de renúncia dos Srs. Pércio Freire Rodrigues de Souza, Francisco Amaury Olsen e Mailson Ferreira da Nóbrega de seus respectivos cargos no Conselho de Administração da empresa.

Com isso, foi realizada assembleia geral extraordinária da Unipar, em que foram eleitos os Srs. Frank Geyer Abubakir, João Guilherme de Andrade Só Consiglio e Bruno Soares Uchino para ocuparem aqueles cargos.

Além disso, foram indicados o Sr. Frank Geyer Abubakir para ocupar o cargo de Presidente do Conselho de Administração e o Sr. Luiz Barsi Filho, eleito na assembleia geral extraordinária da companhia, de 16/10/2017, para ocupar o cargo de Vice-Presidente do Conselho de Administração da Unipar.

 

Consagra-se, de vez, o encerramento da novela que envolvia o fechamento de capital da Unipar, e o comunicado informando sobre o encerramento do Acordo de Gestão entre a Vila Velha e a Estáter sacramenta o ponto final da trama.

O referido desligamento da Estáter na Unipar até então estava previsto para ocorrer no final do ano, porém, com o insucesso da OPA, é compreensível que a Estáter não tivesse mais interesse de participação no negócio, e isso explica a antecipação de seu desligamento da companhia de maneira antecipada.

A Estáter Assessoria Financeira fez parte da gestão da empresa desde agosto de 2016, quando a Unipar recebeu correspondência da sua acionista controladora Vila Velha, informando sobre a decisão de transferir temporariamente para a Estáter a gestão da companhia, com o objetivo de implementar uma reestruturação administrativa e financeira.

Na ocasião, a correspondência informava também que a Estáter permaneceria na gestão da Unipar por um prazo inicial até 31 de dezembro deste ano, prazo este que poderia ser prorrogável para 30 de junho de 2022, caso fosse concluída, com sucesso, a OPA da Unipar.

Como objetivo de realização da OPA não se concretizou, o afastamento da Estáter pode ser entendido como um processo natural administrativo, isto por que o andamento das estratégias não ocorreu como o esperado por parte da gestora.

Não há como negar, também, que com as mudanças gerenciais ocorridas no Conselho de Administração da Unipar, com a entrada de dois importantes acionistas da empresa – o Sr. Frank Geyer Abubakir e o Sr. Luiz Barsi Filho – para assumirem as cadeiras de presidente e vice, respectivamente, a tendência é de que os minoritários sejam beneficiados e tenham seus interesses devidamente suplantados por parte da nova gestão da companhia.

Gostamos muitos dessa companhia, dos seus resultados, do seu setor de atuação e do seu histórico de pagamento de dividendos, que esse ano, inclusive, foram bastante generosos, apesar de sabermos que não devemos considerá-los como um evento recorrente e que possa se repetir com frequência no médio prazo.

Seguiremos acompanhando de perto a empresa, que vem apresentando excelentes resultados após o seu turn around, com boa geração de caixa e excelentes pagamentos de dividendos, e acreditamos que sua performance seguirá em alto nível nos próximos anos.

Salientamos nosso compromisso de manter nossos clientes sempre atualizados sobre os principais desdobramentos da companhia e das demais que fazem parte de nossas carteiras recomendadas.

Compartilhe a sua opinião

Tiago Reis

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.