Por: Tiago Reis

Radar do mercado: Trisul (TRIS3) divulga apresentação institucional

A Trisul S.A. divulgou em seu site de Relações com Investidores na última sexta-feira uma apresentação de reunião pública sobre a companhia.

Nela, a companhia expõe a evolução de sua receita líquida, bem como a projeção para este ano de 2019. De 2016 para 2017, o crescimento foi de 46,3%. Já de 2017 para 2018, houve aumento de 23,3%. E por fim, de 2018 para este ano, a companhia espera um aumento de 33%, chegando a R$ 724 milhões.

 

No que diz respeito ao último trimestre (1T19), a companhia registrou uma receita líquida de R$ 181 milhões, 50% acima do 1T18.

Já no que diz respeito à evolução de seus lucros, é possível observar aumentos expressivos na comparação anual, desde 2016.

No mais, o lucro bruto aumentou 44,8% de 2016 para 2017, 41,3% de 2017 para 2018, e é esperada um aumento de 29,2% para este ano, em relação a 2018. As margens brutas permaneceram neste período sempre próximas a 30%. Já para o lucro líquido, houve significativa melhora desde 2016, com consistentes aumentos de margem também. Do 1T18 para o 1T19 houve aumento de 106% no lucro líquido.

A partir do gráfico abaixo, que traz os lançamentos, a receita líquida e as despesas gerais e administrativas, pode ser observada a queda em função da recessão, com posterior subida de 2016 em diante.

Neste ano de 2019 a Trisul já realizou 3 lançamentos, sendo dois no 1T19 e um no 2T19, este último, foi assunto do Radar da Trisul no Suno Call #318.

No que diz respeito às Vendas Brutas versus Distratos, é possível observar uma diminuição nos distratos, que aliado à recuperação do ritmo das vendas, aumenta a diferença entre ambos. Isso se deve a uma lei aprovada na última semana de dezembro de 2018, que regulamentou os distratos, de modo que as incorporadoras podem reter até 50% dos valores pagos pelo consumidor em caso de desistência da compra.

Trata-se de uma lei muito importante, uma vez que o desenvolvimento do mercado imobiliário era bastante prejudicado por distratos.

Quanto às vendas sobre oferta, a Trisul apresentou um percentual maior do que os seus pares do mercado: 23% contra 14%

Por fim, o endividamento da companhia segue em baixos patamares há muitos anos, considerando a dívida líquida sobre o patrimônio líquido.

No mais, a Trisul é uma empresa forte e consolidada com mais de 30 anos de experiência no mercado brasileiro. Já lançou em sua história mais de 200 empreendimentos, constituindo mais de 2,5 milhões de metros quadrados de áreas, totalizando 42 mil unidades. Em um setor marcado por intensa competitividade, entendemos que a Trisul apresenta resultados positivos ao longo dos anos, com baixo nível de endividamento, bons retornos e gestão de qualidade.

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

Nenhum comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Mais...
Outras Seções

Ações

342 artigos
Ações

FIIs

52 artigos
FIIs
navigation

Conteúdo Gratuito

Radar do
Mercado

Os principais fatos relevantes do mercado, comentados no seu e-mail diariamente