Por: Tiago Reis

Radar do mercado: Localiza (RENT3) divulga apresentação a analistas e agentes do mercado

Na última sexta-feira (26), a Localiza Rent a Car S.A. (RENT3) divulgou apresentação a analistas e agentes do mercado sobre seus resultados do primeiro trimestre de 2019 (1T19).

A Localiza é uma grande rede de aluguel de carros na América do Sul, sua plataforma integrada é composta pelas divisões de Aluguel de Carros e Gestão de Frotas, além de seminovos como área de eficiência.

O Sistema Localiza fechou o 1T19 sendo composto por 591 agências, sendo 524 no Brasil e 67 em outros 5 países da América do Sul. No trimestre, houve abertura de uma nova agência própria. Além disso, a companhia contava com uma frota de 247,6 mil carros, o que representa um aumento de 28,1% em relação à frota do primeiro trimestre de 2018.

Na divisão de Aluguel de Carros, a frota média alugada da companhia cresceu 26,2% em relação ao mesmo período do ano passado, chegando a 114.845. Além disso, este indicador vem crescendo desde 2014 a uma Taxa de Crescimento Anual Composta (CAGR) de 22,6%.

Já no que diz respeito à divisão de Gestão de Frotas, a frota média alugada subiu de 39.738 para 48.733, o que representa um aumento de 22,6%. O CAGR de 2014 a 2018 foi de 10,1%.

Quanto à parte de seminovos, ao final do trimestre, haviam 108 lojas distribuídas em 70 cidades no Brasil, sendo que uma delas foi inaugurada neste trimestre. A Localiza informou que “ao longo do ano, novas lojas serão abertas para atender a necessidade crescente de renovação da frota”.

A companhia anunciou um crescimento em sua receita líquida, que passou de R$ 1.822,7 milhões para R$ 2.447,7 milhões, correspondentes a um incremento de 34,3% na comparação anual dos primeiros trimestres de 2018 e 2019. Houve aumento também no seu lucro líquido, de 19,76% em relação ao lucro do mesmo período do ano anterior, de modo que foi alcançado um patamar recorde de R$ 210,8 milhões. Na comparação com o último trimestre (4T18), o crescimento foi de 16,17%.

As receitas líquidas de aluguéis apresentaram, portanto, aumento de 23,1%, sendo 25,2% na divisão de Aluguel de Carros e 17,0% na divisão de Gestão de Frotas. Ao passo que a receita líquida de seminovos cresceu 43,1% em relação ao 1T18, devido ao crescimento de 44,9% do volume de carros, parcialmente compensado pela queda de 1,2% dos preços médios.

No que diz respeito ao EBITDA da companhia, houve um crescimento de 35,43% em relação ao 1T18. O CAGR (Taxa de Crescimento Anual Composta) de 2014 a 2018 foi de 13,2%.

No que tange à dívida líquida, o aumento de capital, concluído em fevereiro, permitiu redução de 29,4% na dívida líquida, chegando a R$ 3.702,5 milhões ao final do trimestre, de maneira que ela se encontra em bons patamares, e em sua grande maioria, no longo prazo.

No contexto de seus resultados, acreditamos que a Localiza mostra estar seguindo um bom caminho. Porém, mesmo diante deste seu cenário aparentemente favorável, consideramos que seus papéis estão cotados num preço elevado, e por isso ficaremos de fora da Localiza aguardando melhores oportunidades.

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

Nenhum comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Mais...
Outras Seções

Ações

231 artigos
Ações

FIIs

39 artigos
FIIs

Clube Exclusivo Suno

Small Caps

Pequenas em capitlização, gigantes em potencial.

Conheça o Clube Suno Small Caps e receba recomendações das melhores Small Caps para você investir na Bolsa de Valores.