Acesso Rápido

    Radar do mercado: Petrobras (PETR4) assina contrato para a venda da Liquigás

    Radar do mercado: Petrobras (PETR4) assina contrato para a venda da Liquigás

    A Petróleo Brasileiro S.A. (Petrobras) comunicou ter assinado com a Copagaz e a Nacional Gás Butano, o contrato para a venda da totalidade de sua participação na Liquigás Distribuidora S.A.

    O valor da venda foi de R$ 3,7 bilhões, que será ajustado conforme as condições contratuais, e o pagamento acontecerá no fechamento da transação.

    Black Friday Suno – as melhores análises sobre investimentos com descontos incríveis! Cadastre-se para ser o primeiro a saber sobre as promoções da Suno Research.

    Parte da operação condiz com um investimento acionário pela Itaúsa na Copagaz, no valor de R$ 1,4 bilhão, passando a deter cerca de 49% do capital social da companhia.

    O fechamento da transação está sujeito à aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE).

    A Petrobras comunicou que a operação está de acordo com as suas diretrizes para desinvestimentos e com o regime especial de desinvestimento de ativos pelas sociedades de economia mista federais.

    Além disso, a transação visa otimizar o portfólio da petroleira e melhorar a sua alocação de capital, visando a geração de valor aos acionistas, como tem acontecido recentemente.

    Cabe destacar que a Liquigás é subsidiária integral da Petrobras e atua no engarrafamento, distribuição e comercialização de gás liquefeito de petróleo (GLP), também conhecido como gás de cozinha.

    A empresa está presente em quase todos os estados do Brasil, e conta com 23 centros de operação, 19 depósitos, uma base de armazenagem e carregamento rodoferroviário e uma rede de aproximadamente 4.800 revendedores autorizados.

    Mensalmente, atende mais de 35 milhões de consumidores residenciais, com diversos tamanhos de botijão para uso doméstico e outras soluções de produtos e serviços sob medida aos mais diversos setores da indústria, comércio, agricultura, pecuária, aviários, condomínios, hotéis e outros.

    Em 2018, a empresa apresentou uma receita bruta de R$ 5,6 bilhões, EBITDA de R$ 273,4 milhões e ROE de 15,9%.

    Por sua vez, a Copagaz, uma das empresas compradoras, foi fundada em 1955 e comercializa cerca de 620 mil toneladas de GLP por ano, destacando-se como a quinta maior empresa de GLP do Brasil.

    A Copagaz tem cerca de 1.800 colaboradores diretos, uma rede de 2.700 revendedores autorizados e distribui GLP para aproximadamente 1.800 municípios, localizados em 18 estados brasileiros e no Distrito Federal.

    Tags
    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    2 comentários

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *