Por: Tiago Reis

Radar do mercado: GPA – Grupo Pão de Açúcar (B3: PCAR4) anuncia desempenho de vendas do GPA no 3T19

O Grupo Pão de Açúcar anunciou ontem (16) o desempenho das vendas do 3T19. Ressaltou, no comunicado, que as informações são preliminares e, portanto, sujeitas a revisão.

Dentre as principais informações, a companhia destacou:

  • Vendas totais de R$ 14,6 bilhões, mantendo um forte crescimento de 9,5%, apesar da queda de 2,4 p.p. na inflação de alimentos do 3T19 vs 1S19.
  • Assaí: expressiva evolução de 18,9% na receita bruta, acréscimo de R$ 1,2 bilhão, impulsionado pela forte expansão de 19 lojas nos últimos 12 meses e continuidade do ganho de fluxo de clientes.
  • Pão de Açúcar: as 28 lojas revitalizadas apresentaram desempenho de 12,0% e já representam aproximadamente 25% das vendas da bandeira.
  • Proximidade: avanço de duplo dígito pelo quinto trimestre consecutivo, alcançando 17,5% de desempenho, mesmo com a forte base de comparação de 13,1% no 3T18.
  • Mercado Extra: evolução de 7,0%, apesar do expressivo crescimento do 3T18, de 24,9%.
  • Compre Bem: forte evolução de clientes e manutenção do ritmo de crescimento de vendas superior a 30%, em linha com a evolução dos últimos trimestres.
  • Extra Hiper: destaque para a retomada do crescimento da categoria de não alimentos. O desempenho de vendas foi influenciado pela robusta base de comparação de 7,4% no 3T18, a mais alta do ano.
  • E-commerce alimentar: expansão acima de 30%, resultado, principalmente, do avanço do modelo de entrega Express (107 lojas) e Clique & Retire (113 lojas).
E-book: Comece a Investir na Bolsa

Comece a investir! Saiba tudo que você precisa saber para dar os seus primeiros passos na Bolsa com o nosso Manual Gratuito do Investidor Iniciante!

O 3T19 foi marcado pela evolução da estratégia de expansão à adequação de lojas em formatos mais aderentes ao cenário do consumidor atual, além de alinhamento estruturado para capturar os movimentos da economia.

A perspectiva de melhor tendência do ambiente de consumo, suportada pela liberação do saque do FGTS e possível concretização das reformas da Previdência e tributária, aliada à continuidade das estratégias operacionais, são fatores que deixam os gestores do grupo confiantes para um quarto trimestre mais promissor. Breve comentário sobre o desempenho:

Assaí: por mais um trimestre, a bandeira manteve um forte patamar de crescimento das vendas totais

A receita bruta totalizou R$ 7,6 bilhões, com destaque para:

  • sólido fluxo de clientes e crescimento ‘em mesmas lojas’ de 3,2%. Esse patamar reflete a forte base de comparação dos últimos 5 anos, que apresentaram crescimento médio acima de 10%.
  • significativo ganho sequencial de market share: +2,0 p.p..
  • Continuidade de crescimento na emissão de cartões Passaí: já totalizam aproximadamente 930 mil cartões, com penetração superior a 5% das vendas.

Multivarejo: expressivo desempenho das lojas reformadas do Pão de Açúcar e das lojas convertidas em Mercado Extra e Compre Bem, além da aceleração do desempenho dos formatos de Proximidade.

Desempenho ‘em mesmas lojas’ refletiu:

  • a continuidade da fragilidade do cenário econômico, com taxas de desemprego ainda elevadas e ambiente de consumo restritivo, resultando em pressão sobre os volumes.
  • forte base de comparação de 6,1% no 3T18, a mais alta do ano.
  • a menor inflação de alimentos no trimestre.
  • Marcas Exclusivas atingiram participação de 12,7% na venda das categorias de alimentos do Multivarejo, aumento de 1,1 p.p em relação ao ano anterior, impulsionado pela entrada em novas categorias, como cervejas especiais, refrigerantes, leite fermentado e sobremesas lácteas.

Evolução das lojas

No trimestre, foram abertas 5 lojas do Assaí, totalizando 153 lojas da bandeira. Foram realizadas 39 conversões de Extra Super em Mercado Extra, além de 10 lojas que já foram fechadas no trimestre para conversão em Compre Bem. Em Proximidade, 1 Minuto Pão de Açúcar foi aberto.

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

1 comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Marcos Antonio de Oliveira 17 de outubro de 2019

    Show de bola, que os outros setores também tenham apresentado crescimento semelhante, o que seria bom para todos, novos e velhos acionistas.

    Responder
Leia Mais...
Outras Seções

Ações

205 artigos
Ações

FIIs

52 artigos
FIIs

FALTAM POUCOS

DIAS PARA A

DIAS
 HOR
 MIN
 SEG

INSCREVA-SE E TENHA ACESSO À OFERTAS IMPERDÍVEIS!

%d blogueiros gostam disto: