Por: Tiago Reis

Radar do mercado: OdontoPrev S.A. (B3: ODPV3) conclui recompra de ações

A OdontoPrev S.A. comunicou ontem (09), aos seus acionistas e ao mercado em geral a conclusão do Programa de Recompra de Ações iniciado em 29 de maio de 2019.

Conforme abordado no Suno Call #325, os papéis recomprados seriam mantidos em tesouraria, para posterior utilização em lastro de opções de compra outorgadas em 2016, não visando redução do capital social.

No âmbito do programa, foram recompradas 2.569.300 ações ao custo médio de R$16,26 por ação. Assim, o programa lastreou 100% do saldo existente de opções outorgadas.

Minicurso: Investindo em Fundos Imobiliários

Inscreva-se no nosso minicurso curso gratuito sobre FIIs e aprenda os principais conceitos para investir e viver da renda de Fundos Imobiliários!

Com relação à recompra de ações, é válido dizer que a mesma pode ser vista como um mecanismo de geração de valor para os acionistas. Mas isso se dá no caso em que as ações sejam canceladas, de modo que aumenta a participação de cada acionista, gerando consequente aumento na participação dos lucros.

Porém, isto só é vantajoso quando a companhia está pagando por suas ações um preço inferior ao seu valor intrínseco, pois beneficia seus investidores. No caso de a companhia recomprar suas ações a um preço elevado, acontece destruição de valor, uma vez que seria como pagar numa moeda de um real um valor superior a um real.

Neste caso de papéis precificados em um patamar elevado, cabe à empresa buscar outros investimentos que gerem valor ao acionista, não optando por recompra.

Nessa linha de raciocínio, é importante relembrar o racional de Warren Buffett e Charlie Munger, que dizem que mesmo uma ótima companhia pode dar origem a um mau negócio caso seu preço esteja acima do que ela realmente vale.

Apesar de OdontoPrev ser líder em planos odontológicos na América Latina, e a maior operadora do setor de saúde do Brasil em número de beneficiários, com mais de 7 milhões de clientes, ODPV3 ainda não é um investimento que nos atrai neste momento.

Acreditamos que a OdontoPrev seja uma boa empresa, devido ao seu bom modelo de negócios, que proporciona forte geração de caixa. No entanto, entendemos que seu valuation não esteja em um patamar que nos agrada para que cogitemos um investimento. Deste modo, ficamos de fora dos papéis de ODPV3.

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

2 comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Elvis 10 de outubro de 2019

    Excelente trabalho. Sempre podemos antecipar a conclusão de um raciocínio que levaríamos mais tempo pra decidir.

    Responder
  • Júlio Côrtes 10 de outubro de 2019

    A independência de uma boa análise, com carateres de independência, postura e as considerações bem fundamentadas, agrada muito a nós acionistas. Boa!

    Responder
Leia Mais...
Outras Seções

Ações

207 artigos
Ações

FIIs

56 artigos
FIIs
navigation

Conteúdo Gratuito

Radar do
Mercado

Os principais fatos relevantes do mercado, comentados no seu e-mail diariamente

Group 285

NÃO VÁ EMBORA AINDA..

O portal que vai te ajudar a começar
a investir.

Todos os conteúdos gratuitos 
da Suno em um só lugar!