Por: Tiago Reis

Radar do Mercado: Multiplan (MULT3) – inauguração de shopping garante expansão

A Multiplan Empreendimentos Imobiliários comunicou ontem (28) que inaugurou, no último dia 23, o ParkShopping Canoas, seu 19º shopping center, localizado na cidade de Canoas (RS).

De acordo com o que reportou a companhia, o ParkShopping Canoas conta com o que há de mais moderno em termos de tecnologia e eficiência condominial, e destaca-se por unir natureza, entretenimento e compras através de um mix completo distribuídos em 48,0 mil m² de Área Bruta Locável (ABL), além de disponibilizar aos clientes 2.600 vagas de estacionamento, sendo 1.500 cobertas e com sensores que indicam os espaços disponíveis.

Ainda, o shopping center foi entregue com 95% de seus espaços locados, e contou com a abertura de 216 lojas na inauguração, incluindo todas as lojas âncoras, cinemas, supermercado, centro de eventos, e a maior arena de patinação de gelo do país e, já no seu primeiro fim de semana de operação, registrou um forte fluxo de 45 mil veículos.

A companhia destacou, também, que o shopping center possui ainda um moderno sistema de reuso de águas pluviais, uma estação de tratamento de esgoto, além de luminárias com lâmpadas de alta eficiência energética e vidros “low-e”, permitindo uma significativa redução do consumo de energia e ar-condicionado.

Todos esses fatores, segundo a Multiplan, qualificaram o empreendimento a receber a pré-certificação do selo Leed, que reconhece mundialmente o alto padrão de sustentabilidade do ativo.

 

A Multiplan é uma das maiores empresas de shoppings do país, tendo 18 unidades, cerca de 5.400 lojas, que recebem uma média de 180 milhões de consumidores ao ano.

Adicionalmente, a companhia apresenta, ao longo dos anos, resultados positivos crescentes, principalmente em se tratando de índices importantes como Ebitda e lucro líquido.

Nos últimos 12 meses, por exemplo, o Ebitda chegou a R$820,4 milhões, um crescimento de 1,8% sobre setembro de 2016, levando a um CAGR de cinco anos de 7,3%. No mesmo período a margem Ebitda apresentou uma evolução de 63,2% em setembro de 2012 para 70,4% em setembro de 2017.

Paralelamente, o lucro líquido alcançou R$75,6 milhões no 3T17, um crescimento de 30,2% sobre o 3T16, devido principalmente a um aumento de 7,9% na receita líquida, uma redução de 66,1% no imposto de renda e contribuição social, por conta de um anúncio de distribuição de Juros sobre o Capital Próprio de R$65,0 milhões no 3T17, uma queda de 9,4% no resultado financeiro líquido, mas parcialmente compensado pelo efeito da remuneração baseada em ações. Com isso, a margem líquida aumentou de 21,5% para 25,9% no 3T17.

Além disso, a Multiplan apresentou uma dívida líquida de R$1.923,9 milhões ao final de setembro de 2017. A posição de caixa da companhia foi de R$1.081,4 milhões, 6,5% acima de junho de 2017.

Os índices de alavancagem, com isso, se encontraram, ao final do período, um pouco acima do que consideramos ser o ideal para a saúde financeira de um empreendimento. Entretanto, entendemos que a companhia conseguirá, se mantiver o seu operacional como está, honrar com seus compromissos dentro do planejado.

De qualquer forma, pode-se notar que as finanças da companhia se mantem firmes e sólidas no decorrer do tempo.

Como complemento, a tendência de queda de inflação fortalece ainda mais o ambiente de varejo e restaura a confiança em uma perspectiva operacional ainda melhor da companhia.

Em relação ao Parkshopping Canoas, entendemos que a sua inauguração referenciada no comunicado feito pela companhia, tenderá, no médio/longo prazo, a contribuir diretamente no operacional da Multiplan, conforme os seus resultados forem sendo entregues.

Entretanto, apesar dos números positivos e de entendermos que existe uma tendência de melhora de performance da companhia no médio prazo, recomendamos aos investidores que tenham interesse em investir em ativos de shoppings centers, que o façam por meio de fundos imobiliários (FII’s).

Normalmente, os FII’s possuem uma estrutura muito mais enxuta do que possuem as empresas do setor, pois estes não pagam impostos sobre as receitas, também não possuem uma estrutura “pesada” com diretores e conselheiros, não pagam imposto de renda, além de, geralmente, não possuírem dívidas e consequentemente despesas financeiras, ao contrário de uma empresa aberta.

Por conta disso, preferimos seguir de fora da Multiplan por entendermos que existem oportunidades melhores para este tipo de investimento nos fundos imobiliários.

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

Nenhum comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Mais...
Outras Seções

Ações

208 artigos
Ações

FIIs

58 artigos
FIIs
navigation

Conteúdo Gratuito

Radar do
Mercado

Os principais fatos relevantes do mercado, comentados no seu e-mail diariamente

Group 285

NÃO VÁ EMBORA AINDA..

O portal que vai te ajudar a começar
a investir.

Todos os conteúdos gratuitos 
da Suno em um só lugar!