Por: Tiago Reis

Radar do mercado: MRV (MRVE3) comunica nova modalidade de financiamento imobiliário

A MRV Engenharia e Participações S.A., tendo em vista a importância da nova modalidade de financiamento, divulgada em 20 de agosto de 2019 pela Caixa Econômica Federal, comunicou, ao mercado e aos seus acionistas, as novas regras anunciadas.

De acordo com a companhia, a nova modalidade de financiamento anunciada utiliza como indexador o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), sendo esta uma nova opção em relação à modalidade anterior, que continuará existindo.

 

As taxas, nessa nova opção, irão variar entre IPCA + 2,95% e IPCA + 4,95%, o que implicará em uma significativa melhora na acessibilidade da pessoa que recebe o empréstimo (affordability do mutuário final), chegando a permitir uma renda de até 38,8% menor que a opção de financiamento anterior (TR+) e até 19% menor que o Minha Casa Minha Vida (MCMV) Faixa 3.

A MRV apresentou uma tabela com simulações para um imóvel de R$ 300 mil e LTV (Lifetime Value) de 80%. O objetivo desta métrica (LTV) é, basicamente, determinar o valor de um cliente para a organização, conhecido também como ciclo de vida do cliente.

Dessa maneira, a empresa acredita que essa nova modalidade de financiamento é mais um indicativo da assertividade do timing de sua estratégia de diversificação de produtos, no momento em que aumentou os lançamentos com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE), passando a oferecer financiamentos capazes de concorrer com o MCMV faixa 3.

Por último, a MRV enfatizou que acredita que o anúncio do financiamento atrelado ao IPCA apresenta uma excelente oportunidade de expansão mercadológica para a companhia.

Contabilidade para Investidores

Por fim, acreditamos que a nova linha de financiamento beneficiará não só a MRV, mas outras empresas do mesmo segmento, de forma que o crédito imobiliário será estimulado.

No entanto, mantemos o nosso racional a respeito da MRV. Isto é, consideramos que seu valuation encontra-se em patamares muito elevados, não oferecendo uma margem de segurança para o investimento. Dessa forma, seguimos de fora do ativo.

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

6 comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Fabio 22 de agosto de 2019

    Esta modalidade não e apenas para funcionários públicos??

    Responder
    • Elton Simões Baptista 22 de agosto de 2019

      Eh bem chato ter um quadro para comentários, perguntas e não ter ninguém para responder!

      Responder
      • Suno Research 26 de agosto de 2019

        Aqui nossa plataforma de perguntas e respostas (https://respostas.sunoresearch.com.br/), se quer muito uma resposta vá lá, temos mais de 3.000 artigos, nem sempre podemos dar uma resposta rápida para todos. Abraço.

        Responder
    • Suno Research 26 de agosto de 2019

      não.

      Responder
  • Rafael 22 de agosto de 2019

    LTV é Loan to Value, life time value é conceito de marketing

    Responder
  • Luís 22 de agosto de 2019

    LTV = Loan to Value??
    Ou quanto se financia do valor total?

    Responder
Leia Mais...
Outras Seções

Ações

207 artigos
Ações

FIIs

56 artigos
FIIs
navigation

Conteúdo Gratuito

Radar do
Mercado

Os principais fatos relevantes do mercado, comentados no seu e-mail diariamente

Group 285

NÃO VÁ EMBORA AINDA..

O portal que vai te ajudar a começar
a investir.

Todos os conteúdos gratuitos 
da Suno em um só lugar!