Acesso Rápido

    Radar do mercado: Magazine Luiza (MGLU3) celebra aditivo e Centauro (CNTO3) cobre com nova oferta

    O Magazine Luiza S.A. comunicou ontem (13) aos seus acionistas e ao mercado em geral que celebrou com a Netshoes um aditivo ao Agreement and Plan of Merger, que regula a operação, através do qual o preço por ação ofertado foi elevado para US$ 3,70.

    Além disso, o Conselho de Administração da Netshoes reiterou, por unanimidade, sua recomendação de que os acionistas da companhia votem favoravelmente à aprovação da oferta do Magalu.

    No entanto, ainda ontem, o Grupo SBF S.A. (Centauro), comunicou um aditamento à sua Superior Proposal apresentada à Netshoes.

     

    No documento, a Centauro comunica que tomou conhecimento do anúncio divulgado no website de relação com investidores da Netshoes, por meio do qual o board of directors da companhia informou o aditamento celebrado com o Magazine, contemplando o aumento do preço por ação, além do aumento da taxa de recisão a ser paga à Magalu nos termos previstos de US$ 1,8 milhão para US$ 6 milhões.

    Como já é de conhecimento geral, a proposta do Magazine vem sendo mais apreciada pela Netshoes devido à sua pressa em concluir a transação, uma vez que apresenta complicações em sua condição financeira de curto prazo.

    Sendo assim, a Centauro majorou o preço por ação para US$ 4,10, perfazendo um total de aproximadamente US$ 127,3 milhões, “confirmando seu inequívoco interesse e apoio à combinação de negócios da Centauro e da Netshoes”.

    Além disso, a companhia informou um ponto crucial ao desenrolar da negociação. Segundo o documento, foi publicado pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica, no Diário Oficial da União, que o órgão considerou as informações apresentadas suficientes, de modo que a transação será analisada em rito sumário. Isso significa que a análise será concluída muito antes do que se esperava, num prazo máximo confirmado de 30 dias, a contar de 12 de junho de 2019.

    Por fim, a Centauro reiterou que entende que a sua proposta revisada constitui uma Superior Proposal, para fins de interpretação de determinada cláusula do Merger Agreement, apresentando significativo sobrevalor sobre o preço por ação atualmente oferecido pelo Magazine Luiza, além de não oferecer riscos atinentes à condição financeira da Netshoes, tendo em vista a decisão proferida pelo CADE.

    No mais, entendemos que a decisão do CADE foi o maior trunfo para a Centauro até agora, constituindo um fator decisivo para que a Netshoes passe a considerar as ofertas do Grupo SBF.

    Ainda assim, nos mantemos fora tanto de CNTO3 quanto de MGLU3, pois, no cenário atual, não configuram investimentos com boa margem de segurança.

    Tags
    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    2 comentários

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • Delys 14 de junho de 2019

      Achei muito interessante o duelo Olá empresa Net shows vai dar bom para Centauro almentando o valor do ativo eu acredito Centauro irá se tornar um gigante do cetor

      Responder
    • Heitor 14 de junho de 2019

      Stick to the plan: ciclico jamais

      Responder