Acesso Rápido

    Radar do mercado: M. Dias Branco (MDIA3) divulga resultados do 3T19

    Radar do mercado: M. Dias Branco (MDIA3) divulga resultados do 3T19

    A companhia divulgou, na última sexta-feira (08), seus resultados do período. Em comparação com o mesmo trimestre do ano anterior (3T18), a receita líquida caiu 11,1%, o volume de biscoitos vendidos 19,3% e o de massas se reduziu em 19,9%.

    O market share de biscoitos e massas caiu 1,4 e 2,6 pontos percentuais, respectivamente.

    A M. Dias Branco tem implantado um novo modelo de precificação dos seus produtos, de acordo com o canal, o mercado e a marca. O modelo tem sido implementado com o auxílio de consultoria externa.

    A margem EBITDA caiu 4,2 p.p, passando de 16,3% no 3T18, para 12,1% no 3T19, sendo impactada por menor diluição de despesas e custos fixos, por conta do volume reduzido de produção.

    E-book: Investindo para Aposentadoria

    Construa a sua aposentadoria! Aprenda como gerar renda passiva para garantir o seu futuro investindo nos melhores ativos do mercado.

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Há de atentar-se a alguns efeitos não recorrentes, como “receitas de créditos tributários extemporâneos líquidos de honorários advocatícios de êxito (R$ 58,2 milhões)”, despesas decorrentes da integração da Piraquê no valor de R$ 2,3 milhões, R$ 23,9 milhões referentes à implementação de um modelo logístico novo e revisão do quadro de colaboradores. Não recorrentes que, somados, afetaram positivamente o EBITDA em R$ 32 milhões.

    O Lucro Líquido, em comparação com o 2T19, recuou 42,6%, muito pelos fatores já mencionados, que influenciaram o EBITDA, e também pela depreciação e amortização consolidadas da Piraquê.

    A M. Dias investiu R$ 77 milhões no trimestre em infraestrutura. O moinho de Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul, foi concluído, o projeto faz parte da estratégia de verticalizar sua cadeia de produção para tentar mitigar as flutuações do preço do trigo e do Dólar, que estão fora do controle da companhia.

    A base de clientes permanece fragmentada, com a exceção de um cliente que representa 12% da Receita Líquida.

    Tags
    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    1 comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • Cido Morilha 11 de novembro de 2019

      Gosto muito do case da M Dias Branco mas essas quedas constantes estão me deixando preocupado

      Responder