A LINX S.A. (LINX3) comunicou ontem (02) ao mercado sobre a aquisição da totalidade de ações da Hiper Software S.A. (Hiper), através da celebração na mesma data do Contrato de Compra e Venda de Ações.

 

Fundada em 2012, a Hiper é uma software house focada em soluções para micro e pequenos varejistas com mais de 15 mil clientes ativos em 2 mil municípios e mais de 600 canais de distribuição. O faturamento bruto da Hiper esperado para 2019 é de R$13,0 milhões.

A Linx pagará o total de R$17,7 milhões à vista pela aquisição da Hiper. Adicionalmente, sujeito ao atingimento de metas financeiras e operacionais, ligadas à penetração das soluções de TEF e Linx Pay em sua base de clientes, dentre outras, para os anos entre 2019 a 2021, pagará o valor de até R$32,3 milhões.

Segundo a Linx, a aquisição da Hiper é mais um movimento da empresa que visa aumentar a penetração de TEF e Linx Pay, que representa uma importante oportunidade de crescimento para a companhia.

A Linx é uma companhia especialista em soluções tecnológicas para o setor de varejo, que atua no Brasil e também está presente em outros sete países da América. É líder do mercado de software de gestão, com 41,3% do market share de mercado varejista. Possui mais de 3 mil colaboradores e quinze escritórios no Brasil.

É interessante observar a primeira aquisição da Linx em 2019. Isso nos trás à percepção o compromisso dos gestores com a expansão operacional, uma vez que essas atividades de investimento se mostram recorrentes na vida da empresa, sendo a aquisição da Hiper a 18ª da empresa após seu IPO, em 2013. Em nosso entendimento, esse comportamento tende a gerar valor e maximizar os resultados da companhia.

A tecnologia oferecida pela companhia apresenta potencial para inovação, além de ser bastante escalável, dado que o core do business da Linx são softwares. Tal setor permite um grande potencial de crescimento, e por conta disso, gostamos da Linx, bem como de seu segmento.

Enxergamos a Linx com bons olhos. No entanto, embora os resultados apresentados pela companhia referentes ao seu quarto trimestre de 2018 sejam consistentes, acreditamos que suas ações ainda estão cotadas em um patamar elevado. Sendo assim, atuaremos pacientes em relação ao case, esperando oportunidades de entrada a preços mais descontados.

Compartilhe a sua opinião
Tiago Reis

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.