A Itaúsa divulgou hoje (07) os seus resultados trimestrais e, como um dos principais destaques, cabe salientar a conclusão da aquisição, conjuntamente com a Brasil Warrant Administração de Bens e Empresas e Cambuhy Investimentos, da totalidade das ações de emissão da Alpargatas – até então detidas pela J&F Investimentos – em 20/09/2017.

Na operação, a Itaúsa adquiriu 27,12% do capital total da Alpargatas, representado por 103.623.035 ações ordinárias e 23.968.521 ações preferenciais, desembolsando o montante de R$ 1.740 milhões, sendo o preço por ação equivalente a R$ 14,17 por ação ordinária e R$ 11,32 por ação preferencial.

Em relação aos indica indicadores de resultado da Itaúsa, a holding apresentou, no período, um lucro líquido consolidado de R$ 6,5 bilhões – aumento de 3,3% frente ao mesmo período do ano passado – com uma Rentabilidade Recorrente Anualizada sobre o Patrimônio Líquido Médio de 17,1%.

Em relação aos principais indicadores das empresas do portfólio Itaúsa, foi possível perceber a relevância do Itaú em sua carteira de investimentos, assim como também foi fácil visualizar que a aquisição da Alpargatas foi uma transação muito bem-sucedida, isto por que, em termos de geração de valor para a Itaúsa, a proprietária das marcas Havaianas, Topper e Rainha, além de outras, ainda pode representar, no médio prazo, uma parcela significativa deste montante.

Ainda, por ser uma holding pura, a Itaúsa tem seu resultado composto basicamente pelo Resultado de Equivalência Patrimonial (REP), apurado a partir do resultado de suas controladas e, dessa forma, abaixo pode-se visualizar o REP por empresa e suas relevâncias no resultado da Berkshire Hathaway brasileira.

No terceiro trimestre de 2017, o Resultado de Equivalência Patrimonial foi de R$ 2.319 milhões, apresentando aumento de 10,7% em relação ao mesmo período de 2016, decorrente basicamente da elevação de 9,7% no resultado proveniente do Setor Financeiro, representado primordialmente pelo Itaú, um dos bancos mais rentáveis do planeta.

Abaixo podemos ver como o Itaú apresenta uma parcela importantíssima do portfólio da Itaúsa, isto por que, em relação aos proventos pagos pela holding, grande parte desse montante é proveniente também do pagamento direto e indireto de dividendos pelo Itaú Unibanco.

A companhia apresenta, inclusive, um aumento histórico de volumes pagos de proventos interessantes, o que nos agrada muito em termos de geração de valor a seus acionistas.

A Itaúsa é uma holding de muito sucesso no Brasil, e carrega consigo o mérito de ser a controladora de um dos bancos mais rentáveis do planeta, o Itaú Unibanco, e por conta disso, gostamos muito da companhia, a qual recorrentemente, inclusive, a citamos amigavelmente como sendo a “Berkshire Hathaway brasileira”.

Comentários

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

©2017 SUNO RESEARCH | Investimentos inteligentes

[i]
[i]
[i]
[i]

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account