A EDP – Energias do Brasil – comunicou ontem (18) a seus acionistas e ao mercado em geral que procederá, a partir de 25 de setembro de 2018, ao pagamento de dividendos no valor total bruto de R$367.125.037,25.

Deste montante, segundo informou a companhia, R$72.709.000,00 serão providos como juros sobre capital próprio, equivalente a R$0,119949205 para cada ação ordinária, a serem pagos aos seus acionistas titulares de ações ordinárias na data-base de 26 de dezembro de 2017; e R$294.416.037,25 como dividendos, equivalente a R$0,485702865 para cada ação ordinária, a serem pagos aos seus acionistas da data-base de 09 de abril de 2018 (data de corte), passando assim as ações de emissão da companhia a serem negociadas exdividendos desde 10 de abril de 2018.

 

É sempre prazeroso, no papel de acionistas, o momento em que uma companhia anuncia o pagamento de proventos a seus sócios.

Dessa forma, os investidores que adquiriram este papel antes da data exdividendos (último dia 10 de abril) certamente farão jus ao pagamento acima mencionado.

Ademais, gostamos muito da companhia e do seu setor de atuação como um todo, muito por conta do caráter de perenidade que as empresas privadas do segmento apresentam ao longo do tempo.

Sugerimos, para aqueles que se interessam pela companhia, a leitura dos relatórios que fizemos sobre a companhia e que estão disponíveis na área de assinantes Suno Ações da Suno Research.

Compartilhe a sua opinião
Tiago Reis

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.