A Embraer S.A. (EMBR3) emitiu, na data de ontem, um comunicado ao mercado informando sobre a continuidade do processo de sucessão iniciado em março. A empresa comunicou que o nome de Francisco Gomes Neto, atual presidente da Marcopolo S.A., será indicado ao Conselho de Administração para ocupar o cargo de CEO e Presidente da Companhia na primeira reunião do Conselho de Administração da Embraer que ocorrerá após a Assembleia Geral Ordinária marcada para o dia 22 de abril.

 

Graduado em Engenharia Elétrica com especialização em Administração de Empresas e MBA em Controladoria e Finanças, Francisco Gomes Neto desenvolveu carreira na indústria automotiva em posições de CEO nos últimos 20 anos no Brasil e nos Estados Unidos.

Nos últimos três anos, atuou como CEO do grupo Marcopolo, no qual liderou o processo de transformação da companhia, gerando forte crescimento de vendas e valor de mercado do negócio.

Anteriormente, foi CEO Américas da alemã Mann+Hummel e presidente da Knorr Bremse (líder mundial de sistemas de controle de veículos comerciais), entre outros.

Sua atuação na presidência da Marcopolo foi marcada pela revisão e reorganização de processos de produção para melhorar a eficiência e rentabilidade das operações da companhia. Houve também foco na redução de custos, na abertura de novos mercados fora do Brasil e na maximização da utilização dos ativos da Marcopolo no país.

Gomes Neto substituirá Paulo Cesar de Souza e Silva. Este por sua vez, atuará como sênior advisor do Conselho de Administração no processo de integração do novo Presidente e no acompanhamento da segregação de ativos e recursos da aviação comercial até o fechamento do negócio com a Boeing.

Acreditamos fazer sentido a indicação de Gomes Neto para CEO, uma vez que, caso siga uma linha de atuação semelhante à realizada na Marcopolo, esperamos a expansão das atividades da Embraer para novos mercados, reduzindo custos e maximizando a utilização de ativos.

A Embraer é uma gigante brasileira que marca forte presença no mercado de aeronaves ao redor do globo. No entanto, ao analisar os resultados da companhia, não se observa uma consistência adequada, nem mesmo previsibilidade, que consideramos fatores fundamentais para empresas com atuação em setores cíclicos.

Sendo assim, ainda que a indicação do novo CEO faça sentido para nós, por enquanto observaremos a companhia mantendo distância.

Compartilhe a sua opinião
Tiago Reis

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.