Por: Tiago Reis

Radar do mercado: United Airlines assina com a Embraer (EMBR3) contrato para compra de até 39 jatos E175

A Embraer S.A. anunciou, ontem (17), na 53ª edição do Paris Air Show International, que assinou contrato com a United Airlines para até 39 jatos E175. Destes, estão inclusos 20 pedidos firmes e 19 opções, com as aeronaves sendo configuradas com 70 assentos.

O pedido tem um valor de US$ 1,9 bilhão com base nos atuais preços de lista da companhia, caso todas as opções sejam exercidas, isto é, caso a venda seja fechada em 39 jatos.

Os pedidos firmes serão incluídos na carteira de pedidos (backlog) da Embraer do segundo trimestre de 2019. As entregas têm previsão de início no segundo trimestre de 2020. Segundo a divulgação, essas novas aeronaves substituirão aviões de 70 lugares mais antigos que atualmente operam com os parceiros regionais da United.

 

Segundo o Diretor de Vendas e Marketing para a América do Norte da Embraer Aviação Comercial, Charlie Hillies, “o foco da Embraer em encontrar soluções que atendam às necessidades de nossos clientes é a principal razão pela qual continuamos liderando este segmento de mercado.”

Segundo a United, a escolha deste modelo de aeronave se deve ao seu foco em fornecer aos clientes o máximo de conforto e conveniência. A companhia possui uma frota de 255 aeronaves neste segmento, dentre as quais estão os modelos CRJ700s, E170s e E175s antigos.

Aprenda a Investir em Dividendos

Incluindo este contrato, a Embraer contabiliza venda de mais de 585 jatos E175 para companhias aéreas na América do Norte desde janeiro de 2013, sendo responsável por mais de 80% de todos os pedidos neste segmento de jatos de 70 a 76 assentos, configurando posição de liderança no segmento.

O jato E175 é, atualmente, o produto mais popular da Embraer na aviação comercial. Vale ressaltar que, possivelmente, este sucesso poderá se refletir no modelo da nova geração E175-E2. Este novo modelo terá a Azul como cliente de lançamento. A companhia, que encomendou um total de 51 jatos E195-E2, receberá a primeira unidade no segundo semestre deste ano.

No mais, a Embraer é, atualmente, fabricante líder mundial de aeronaves comerciais com até 150 assentos, possuindo mais de 100 clientes ao redor do globo. Somente para o programa de E-Jets, a Embraer registrou mais de 1.800 pedidos e 1.500 aeronaves entregues. Hoje, os E-Jets estão voando na frota de 75 clientes, em 50 países. Trata-se de uma família versátil de aeronaves, que voa em companhias aéreas de baixo custo, bem como em operadoras regionais e tradicionais.

A Embraer completa, em 2019, 50 anos de atuação nos segmentos de Aviação Comercial, Aviação Executiva, Defesa & Segurança, e Aviação Agrícola. A companhia projeta, desenvolve, fabrica e comercializa aeronaves e sistemas, além de fornecer serviços e suporte a clientes no pós-venda.

No mais, acreditamos se tratar de mais uma venda, para a Embraer, que não foge da normalidade de sua operação. Entretanto, entendemos que a empresa atua em um setor que apresenta muitas incertezas, além de ter apresentado resultados fracos no último trimestre, somando, portanto, fatores que tiram nosso interesse sobre o ativo.

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

1 comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Severino Ivanildo 18 de junho de 2019

    Ótimas aquisições, parabéns a todos envolvidos

    Responder
Leia Mais...
Outras Seções

Ações

201 artigos
Ações

FIIs

51 artigos
FIIs
navigation

Conteúdo Gratuito

Radar do
Mercado

Os principais fatos relevantes do mercado, comentados no seu e-mail diariamente

Série Guia Suno

3 Livros pelo preço de 1

Aprenda tudo que você precisa saber para começar a investir com a série didática de livros Guia Suno

%d blogueiros gostam disto: