Acesso Rápido

    Radar do mercado: Engie Brasil (EGIE3) apresenta os resultados do terceiro trimestre

    Radar do mercado: Engie Brasil (EGIE3) apresenta os resultados do terceiro trimestre

    A empresa apresentou uma receita operacional líquida de R$ 2,5 bilhões no terceiro trimestre de 2019, representando uma variação de 0,2% em comparação com o resultado do mesmo período de 2018.

    O EBITDA da empresa foi de R$ 1,6 bilhão no 3T19, uma elevação de 55% em relação ao resultado apurado no mesmo período do ano anterior. O lucro líquido foi superior em 56%, totalizando R$ 742,7 milhões.

    A empresa também destacou a obtenção da licença de instalação da subestação Ponta Grossa, possibilitando o início da obra em setembro.

    E-book: Investindo em Dividendos

    Baixe gratuitamente o nosso ebook e descubra como viver de renda investindo em empresas pagadores de dividendos!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Além disso, foi concluída a 9ª emissão de debêntures, no valor total de R$ 1,6 bilhão, e assinado contrato com o BNDES, no valor de R$ 1,26 bilhão, destinados à implantação do Conjunto Eólico Umburanas (BA).

    A carteira de ativos da empresa é diversificada entre geração de energia, transmissão, geração solar distribuída e gás natural (TAG).

    Em geração, há 60 usinas em operação, com capacidade instalada própria de 8.710,5 MW. Na transmissão, há 1.000 km de linhas em construção.

    A geração solar conta com um total de 2.315 sistemas instalados, com capacidade de 31.333 kWp. E os ativos de gás natural estão concentrados em 4.500 km de gasodutos em operação nas regiões Sudeste, Nordeste e Norte.

    A capacidade instalada própria em operação para geração de energia atingiu 8.711 MW no 3T19, representando uma elevação de 8,82% em comparação ao registrado no 3T18.

    A transportadora associada de gás (TAG) tem aproximadamente 4.500 km de gasodutos, sendo 3.700 km na costa e outros 800 km na Amazônia, com uma capacidade contratada de movimentação acima de cerca de 70 milhões de m³ por dia.

    Os contratos de médio e longo prazos para gás natural estão apresentados na tabela abaixo.

    No segmento de transmissão de energia elétrica, a Engie conta com uma receita anual permitida (RAP) total de R$ 23,8 bilhões, distribuídos por uma rede com 141.388 km de extensão.

    O volume total de venda para clientes livres em 2019 foi de 2.544 MW médios, distribuídos por vários setores da economia, conforme gráfico abaixo.

    Cabe destacar que a Engie Brasil Energia é controlada pelo grupo franco-belga Engie, líder global na produção independente de energia, com atividades em mais de 70 países e forte atuação em eletricidade, gás natural e serviços de energia.

    Cerca de 86% da capacidade instalada no Brasil são provenientes de fontes limpas, renováveis e com baixas emissões de poluentes.

    O capital social da Engie é distribuído tal como apresentado abaixo.

    Tags
    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    9 comentários

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • José de Abreu Filho 6 de novembro de 2019

      Parabéns Tiago, pelo excelente trabalho de divulgação de informações sobre o mercado financeiro.

      Acompanho diariamente e fico feliz por você não estar focado em “vender ” cursos e palestras, como a maioria de outras empresas estão fazendo e não se preocupando com a formação do pequeno investidor.

      Tenho recebido seus e-book (gratuitos) e divulgado para amigos que estão iniciando no mercado, um forma de fazer o mercado crescer.

      Muito obrigado

      Responder
    • CLAUDIA 6 de novembro de 2019

      PARABÉNS PELAS INFORMAÇÕES, SEMPRE PONTUAIS…

      Responder
    • Vinicius 6 de novembro de 2019

      Baita empresa!

      Responder
    • João pitt 6 de novembro de 2019

      Que empresa..

      Quando a suno vai recomendar?

      Responder
    • Yasmim 6 de novembro de 2019

      Valeu Tiago, minoxidil.

      Responder
    • Aparecida Xavier 8 de novembro de 2019

      Sucesso Tiago Reis, estou comprando seus livros e aprendendo muito. Mas esse seu trabalho “RADAR” tornou-se indispensável. Parabéns!

      Responder
    • Marks Luan 9 de novembro de 2019

      Parabéns Tiago, fantástico o trabalho de vocês, só tenho sentido falta da opinião da Suno nos últimos relatórios, acredito que para leigos como é meu caso, a sua opinião é o mais importante dos relatórios….

      Responder
    • DR.JULIO GALLANI da CUNHA 11 de novembro de 2019

      COMPENSA REFORÇAR POSIÇÃO EM EGIE3 PARA MÉDIO/LONGO PRAZO ?

      Responder
    • Leonardo 18 de janeiro de 2020

      Ola boa tarde.
      Qual a análise Valuation? Qual valor de entrada atualmente?

      Obrigado

      Responder