Por: Tiago Reis

Radar do Mercado: XP INC. (Nasdaq: XP) abre capital na Nasdaq

  • As ações da XP Inc. foram precificadas em US$ 27,00, no mercado primário, segundo comunicado feito pela Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC)
  • O valor ficou acima da faixa estabelecida inicialmente no prospecto da abertura de capital, entre US$ 22 e US$ 25.
  • Os papéis começaram a ser negociados na Nasdaq sob o código “XP” na data de ontem (11) e fecharam na máxima de US$ 34,46.
  • Alta de 27,63% logo no primeiro dia de negociação.

A XP Inc. é uma empresa do setor financeiro que fornece serviços e produtos dentro deste âmbito através de suas plataformas digitais, com foco no Brasil. As operações da empresa são combinadas às suas capacidades tecnológicas, fornecendo um amplo espectro de soluções a diversos perfis de clientes, tanto de varejo (investidores individuais) quanto institucionais.

A empresa tem uma base com 1,536 milhão de clientes pessoa física ativos e aproximadamente 400 clientes institucionais ou corporativos (200 no Brasil e 200 internacionais).

No final de setembro de 2019 a XP possuía R$ 350 bilhões em ativos sob custódia, comparado a R$ 202 bilhões no fim de 2018 (equivalentes a 3% do mercado endereçável de R$ 7,9 trilhões em 2018).

Minicurso: Valuation e Precificação de Ativos

Inscreva-se no nosso minicurso gratuito de Valuation e aprenda os principais conceitos sobre como avaliar ativos e empresas do jeito certo!

Na parte operacional da XP, damos destaque à base com aproximadamente 5.900 agentes autônomos (os quais serão endereçados no decorrer do relatório), às três plataformas digitais (XP, Rico e Clear), ao portal Infomoney, que conta com 9 milhões de visitantes únicos por mês, e ao XP Expert, evento presencial com mais de 30.000 participantes.

O cenário no âmbito de investimentos no Brasil está sob mudança, após muitos anos com os serviços financeiros concentrados em cinco grandes bancos (Itaú, Bradesco, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e Santander) que compreendem 93% do mercado endereçável de R$ 8,6 trilhões (estimado) em ativos sob custódia no ano de 2019.

Entendemos que a XP usufrui de algumas tendências que favorecem a expansão de seus negócios.

Uma dessas tendências diz respeito ao fato de que, atualmente, o âmbito dos investimentos no Brasil registra uma demanda crescente por informação e educação financeira, por exemplo.

Muitos indivíduos que estão entrando no mercado financeiro buscam aprender desde os conceitos mais básicos aos mais sofisticados. Grande parte deste crescimento de demanda se deve ao ambiente com baixas taxas de juros, que traz constantemente novos investidores ao mercado de capitais.

Além disso, há também uma demanda crescente por produtos financeiros, à medida que a população busca independência com relação aos bancos tradicionais, buscando, simultaneamente, um leque maior de investimentos com melhores retornos e que atenda a diferentes perfis de risco.

Neste sentido, a XP está bem posicionada. No entanto, chamamos atenção ao Valuation da companhia, que não está uma “barganha”.

Para mais detalhes e aprofundamento ao case, convidamos a todos que façam o download do nosso relatório, clicando aqui.

Telegram Suno

Disclaimer: o Radar do Mercado não constitui recomendação de compra nem de venda das empresas contempladas, apenas visa abordar as notícias mais recentes das empresas da Bolsa brasileira. A opinião dos analistas da Suno Research é expressa exclusivamente através dos relatórios.

Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

Nenhum comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Mais...
Outras Seções

Ações

209 artigos
Ações

FIIs

54 artigos
FIIs
navigation

Conteúdo Gratuito

Radar do
Mercado

Os principais fatos relevantes do mercado, comentados no seu e-mail diariamente

CORONAVÍRUS, PETRÓLEO, ECONOMIA E INVESTIMENTOS. VOCÊ JÁ SABE O QUE FAZER?​