Por: Tiago Reis

Radar do Mercado: Vale (VALE3) esclarece pedido de intervenção e comunica negociação com blockchain

A imprensa nacional noticiou que o Ministério Público Federal (MPF) demandou à Justiça Federal de Minais Gerais a suspensão da distribuição de dividendos da Vale (VALE3) a seus acionistas.

Os procuradores da República consideram que a Vale precisa mudar sua cultura de prevenção a acidentes para que desastres – como o de Brumadinho e o de Mariana – não voltem a acontecer.

Dessa forma, requereram à Justiça a identificação e o afastamento, no prazo de 15 dias, dos diretores e gestores da alta administração da companhia que tiveram ou têm alguma relação com a negligência nas tragédias ocorridas.

Nesse contexto, pleitearam, em sede liminar (decisão provisória), que as atividades dos diretores afastados fossem destinadas a um interventor judicial, nomeado pelo magistrado de Minas Gerais.

O Ministério Público Federal deseja que o interventor realize a elaboração de um plano de trabalho para a reestruturação da governança da companhia.

Minicurso: Investindo no Tesouro Direto

Inscreva-se no nosso minicurso gratuito e aprenda os principais conceitos sobre o Tesouro Direto para quem quer começar a investir!

No entanto, a Vale (VALE3) comunicou que somente tomou conhecimento do pedido de intervenção por meio da imprensa, não tendo sido citada no processo ainda.

Além disso, a companhia informou que apresentará sua manifestação no processo durante o prazo legal e que, atualmente, suas práticas de gestão e estrutura administrativa refletem as melhores referência globais do setor.

Ademais, pontuou que, nos últimos 18 meses, realizou uma série de medidas para fortalecer a segurança de suas barragens e a gestão de suas estruturas geotécnicas.

Entre as medidas adotadas, podemos mencionar:

a) Celebração de 14 Termos de Compromisso com o Ministério Público de Minas Gerais, com ações focadas em segurança de barragens e contratação de auditores externos em suas estruturas geotécnicas.

b) Instalação do comitê de auditoria e da diretoria de compliance para reforçar a governança de riscos e controle.

c) Nova análise técnica do histórico e das condições atuais de todas as suas barragens.

Por fim, a companhia comunicou sua primeira transação de minério de ferro via blockchain. Ela tem como objetivo digitalizar o processo de comercialização de sua produção.

Telegram Suno
Tiago Reis

Formado em administração de empresas pela FGV, com mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro, foi sócio-fundador da Set Investimentos e é fundador da Suno Research.

Nenhum comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Mais...
Outras Seções

Ações

208 artigos
Ações

FIIs

58 artigos
FIIs
navigation

Conteúdo Gratuito

Radar do
Mercado

Os principais fatos relevantes do mercado, comentados no seu e-mail diariamente

Group 285

NÃO VÁ EMBORA AINDA..

O portal que vai te ajudar a começar
a investir.

Todos os conteúdos gratuitos 
da Suno em um só lugar!