Acesso Rápido

    Radar do Mercado: Vale (VALE3) comunica sobre paralisação de terminal e coronavírus

    Radar do Mercado: Vale (VALE3) comunica sobre paralisação de terminal e coronavírus

    A companhia comunicou sua decisão de paralisar, temporariamente, seu centro de distribuição na Malásia, o Terminal Marítimo Teluk Rubian. A suspensão terá início hoje (24) e ocorrerá até, pelo menos, o dia 31 de março.

    De acordo com o comunicado, a decisão foi tomada porque, no momento, não está sendo possível garantir os recursos mínimos para que a operação no terminal seja segura. Com isso, os navios que chegarem ao terminal serão redirecionados entre as instalações de blendagem na China.

    O documento destacou que a medida não tem impacto no volume de produção e nas vendas de 2020, mas sim nas vendas de cerca de 500.000 ton. no 1T20. Com isso, espera-se um aumento imaterial devido à logística adicional.

    Nesta sexta-feira (20), foram confirmados dois casos de funcionários da companhia com coronavírus. A Vale informou o fato para as autoridades e vem prestando a assistência necessária aos empregados. Segundo o comunicado, eles passam bem e estão em isolamento domiciliar.

    Ainda no comunicado de sexta-feira (20), a companhia ofereceu ajuda humanitária ao governo brasileiro, utilizando a sua infraestrutura na região para trazer insumos médicos para atender pacientes infectados pelo vírus.

    Com isso, nesta segunda-feira (22), a Vale anunciou a compra de 5 milhões de testes rápidos para o novo coronavírus. Os testes, que permitem um resultado em cerca de 15 minutos, virão da China e serão entregues ao governo brasileiro.

    A estimativa é de que 1 milhão de kits chegue ao país no início da próxima semana e os demais até meados de abril. A quantia total adquirida pela Vale representa metade das unidades que o Ministério da Saúde diz necessitar no momento.

    Além disso, a empresa ainda comprou equipamentos de proteção individual para médicos e enfermeiros, como óculos, luvas e máscaras. De acordo com o comunicado, estes equipamentos também serão encaminhados ao governo brasileiro.

    Tags
    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    3 comentários

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • Thais 24 de março de 2020

      É o minimo que a Cia Vale pode fazer, em compensação a todos os danos ambientais e humanos, por ela (ou suas subsidiárias) causados, nos casos das tragédias de Brumadinho e Mariana.

      Responder
      • Carlos Henrique 24 de março de 2020

        Em que pese a dor humanitária e os danos ambientais em Brumadinho e Mariana, isso é inegável, a situação de pandemia que o mundo vive agora não é responsabilidade da Vale, portanto, eu só tenho que aplaudir a atitude louvável da companhia diante dessa situação, ao prestar ajuda ao governo brasileiro, ao contrário de muitos políticos irresponsáveis e imprensa podre que, ao contrário de companhias como Vale e muitas outras que a imprensa podre não divulga, só atrapalham e criticam o que o governo está fazendo no sentido de minimizar o sofrimento do povo brasileiro.

        Responder
        • Robson alves 24 de março de 2020

          qual será a real intensão da Vale por tras dessa compra??? politicamente correta a atitude dela, mas eu nao aplaudiria agora.

          Responder