Acesso Rápido

    Radar do Mercado: Suzano (SUZB3) vai incorporar participações para reter custos

    Radar do Mercado: Suzano (SUZB3) vai incorporar participações para reter custos
    • A Suzano informou que realizará uma Assembleia Geral Extraordinária para decidir a extinção da Suzano Participações (cujo capital social é integralmente detido pela empresa de celulose) e a transferência do seu patrimônio para a companhia.
    • De acordo com o fato relevante da Suzano, o objetivo é “simplificar a estrutura societária do grupo da companhia, com redução de custos administrativos e ganhos de sinergia operacional”.
    • A empresa estima um gasto total de R$ 185 mil para realizar a operação, “incluindo os custos para elaboração, publicação e registro dos atos societários, e as despesas com os honorários de avaliador e demais profissionais contratados”. A empresa de celulose ainda ressaltou que não identifica fatores de riscos.
    • “A incorporação não resultará em aumento de capital da Suzano e, consequentemente, não haverá qualquer relação de substituição de ações, tendo em vista que a Suzano é detentora da totalidade do capital social da S. Participações”, informou o documento.
    • A operação não está sujeita à verificação de autoridades brasileiras, como a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), ou estrangeiras.

    No quarto trimestre de 2019, a Suzano registrou um lucro líquido de R$1,17 bilhão, com queda de 61% na comparação anual.

    O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) foi de R$ 2,465 bilhões no período. Quando comparado ao mesmo período do ano anterior, houve redução de 31%.

    Entretanto, os analistas consultados pela “Refinitiv” previam um resultado semelhante, de R$ 2,439 bilhões. De acordo com a empresa, a queda do Ebitda ocorreu por conta do menor preço líquido em dólar da celulose.

    O custo caixa de produção de celulose da Suzano, entre outubro e dezembro, foi de R$ 631 por tonelada, excluindo efeito de parada de manutenção de fábrica. O número indica queda de 4% em comparação ao trimestre anterior e baixa de 3% ante o mesmo período de 2018.

    Tags
    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    1 comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • Richieli 26 de março de 2020

      Bom dia. Por gentileza, atualizem o logo da empesa. Notem que após a fusão com a Fibria, o logo da Suzano foi alterado.

      Responder