Acesso Rápido

    Radar do Mercado: Ser Educacional (SEER3) divulga resultados do 1T20

    Na sexta-feira (15/05), a companhia divulgou seus resultados do 1T20 e, assim como muitas empresas, também já sentiu o impacto da pandemia do coronavírus. Desde 16/03, foram suspensos os encontros presenciais em suas unidades e as aulas migraram para o regime remoto por meio da Sala Ser Digital.

    Com a suspensão das aulas presenciais e com o aumento das medidas de isolamento, a companhia começou a sentir redução no ritmo de matrículas e rematrículas. Mesmo assim, o 1T20 apresentou uma base de 185,2 mil alunos, um crescimento de 14,4% na comparação com o 1T19.

    O crescimento na base total de alunos nesse trimestre se deve principalmente à aquisição da Uninorte e ao crescimento da base de alunos EAD. Assim, a companhia auferiu uma receita líquida de R$ 308,5 milhões, o que representa um crescimento de 1,4% na comparação com o 1T19.

    Minicurso: Investindo no Tesouro Direto

    Inscreva-se no nosso minicurso gratuito e aprenda os principais conceitos sobre o Tesouro Direto para quem quer começar a investir!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Outros indicadores que sofreram com a redução das atividades de matrícula e rematrícula foram o Ebitda Ajustado e a margem Ebitda ajustada. No 1T20, o Ebitda alcançou R$ 77,6 milhões, uma redução de 20% na comparação com o mesmo trimestre do ano anterior. Já a margem Ebitda ajustada atingiu 25,2% no trimestre, uma redução de 6,8% na comparação com o 1T19.

    É interessante observar que, embora o Ebitda ajustado tenha reduzido, o Ebitda ajustado do EAD teve um forte aumento. Ele atingiu R$ 8,1 milhões com margem de 33,2% no 1T20, representando um aumento de 17,1% na comparação anual.

    O Lucro líquido ajustado também teve uma redução expressiva, atingindo R$ 29,45 milhões, uma queda de 53,9% no trimestre.

    A companhia também ressaltou o fortalecimento de seu caixa por meio da contratação de duas linhas de capital de giro em um total de R$ 300 milhões. Foram tomados R$ 200 milhões junto ao Banco Itaú (taxa de CDI +3,4% a.a.) e R$ 100 milhões junto ao Banco Santander (taxa de CDI+ 3,1% a.a.), ambos com vencimento em 2 anos.

    Tags
    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *