Acesso Rápido

    Radar do Mercado: Petrobras (PETR4) registra nova descoberta de óleo no pré-sal em bloco na Bacia de Santos

    Radar do Mercado: Petrobras (PETR4) registra nova descoberta de óleo no pré-sal em bloco na Bacia de Santos
    • A Petrobras registrou uma nova descoberta de óleo no pré-sal em um poço pioneiro no bloco Uirapuru, na bacia de Santos.
    • O poço com presença de óleo foi adquirido pela estatal em leilão realizado pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) em junho de 2018, a 4ª Rodada de Partilha, e encontra-se no chamado polígono do pré-sal.
    • A Petrobras é operadora do bloco, com 30% de participação, e ainda tem como sócias a norte-americana ExxonMobil (28%), a norueguesa Equinor (28%) e a portuguesa Petrogal (14%).
    • O poço pioneiro onde ocorreu a descoberta está localizado a cerca de 200 quilômetros da costa de Santos (SP), em profundidade d’água de 1.995 metros.
    • A Petrobras informou que foi constatada descoberta de óleo em reservatórios porosos no prospecto exploratório conhecido informalmente como Araucária.
    • “Os dados do poço serão analisados para melhor direcionar as atividades exploratórias na área e avaliar o potencial da descoberta”, acrescentou a estatal.

    Minicurso: Valuation e Precificação de Ativos

    Inscreva-se no nosso minicurso gratuito de Valuation e aprenda os principais conceitos sobre como avaliar ativos e empresas do jeito certo!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Além disso, a Petrobras informou que a Transpetro, sua unidade de logística, está considerando suspender algumas operações e reduzir a sua pegada imobiliária, afirmando que o corte de custos é fundamental para garantir liquidez no curto prazo.

    Como parte do plano, a empresa disse que a Transpetro, que opera dutos e possui uma frota de mais de 50 navios, vai reduzir ou adiar pagamentos na ordem de R$ 507 milhões.

    O memorando interno apontou que uma economia de R$ 205 milhões virá de despesas operacionais, como a “renegociação de contratos” e a “otimização de ativos, eventualmente com a suspensão de certos serviços/ativos.”

    A empresa planeja economizar R$ 175 milhões com o adiamento de alguns investimentos, entre eles a manutenção de tanques de armazenamento e outras instalações.

    Além disso, a Transpetro projeta também uma economia de R$ 246 milhões em custos com recursos humanos, adiando remunerações e treinamentos, entre outras medidas.

    O memorando da empresa destacou diversas ações de curto prazo tomadas pela Petrobras para garantir sua saúde financeira, mas informou que são necessárias medidas adicionais.

    “Um cenário com o Brent a 25 dólares por barril e o câmbio a 5 reais por dólar pode causar (à Petrobras) falta de recursos/liquidez no curto prazo”, apontou o documento.

    Tags
    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    1 comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • Marcos Antonio de Oliveira 3 de abril de 2020

      Show de bola, muito bom! Informações de qualidade.

      Responder